Vestibulando

3 dicas para saber se o curso de medicina é realmente para você

A medicina é uma das carreiras mais antigas e tradicionais em nossa sociedade. Conhecida por todos, à primeira vista parece que essa profissão dispensa maiores explicações. Entretanto, isso muda quando falamos de alguém que está pensando em começar um curso de medicina.

Se esse é seu caso, este é o momento de pesquisar a fundo mais informações sobre a profissão, o curso e os possíveis caminhos que um médico pode seguir no mercado de trabalho. Confira a seguir algumas informações importantes que você precisa saber para descobrir se o curso de medicina é realmente para você.

1. Conheça a estrutura do curso

Na hora de se escolher uma profissão, muitos orientadores vocacionais indicam realizar uma pesquisa sobre a estrutura do curso que você quer fazer. Vendo as matérias obrigatórias e como o curso é divido, é possível ter uma noção de como será a faculdade e se você gosta do que é proposto. 

No caso específico do curso de medicina, normalmente o curso é divido em 3 etapas: os dois primeiros anos com matérias básicas (anatomia, por exemplo), os dois seguintes com contato com pacientes em exames e diagnósticos, e nos anos finais do curso, os estudantes aprendem a parte clínica na prática atuando dentro de hospitais. 

Apesar de ser uma estrutura básica, vale a pena olhar o programa completo do curso e assim ter uma visão mais aprofundada. Vale lembrar que depois da finalização da faculdade ainda é possível fazer residência, o que tornará o médico especialista em alguma área (cardiologia, cirurgia plástica, ginecologia, entre outros). 

2. Observe o mercado de trabalho

Um futuro médico tem diversas opções de carreira. Ele pode optar por trabalhar em hospitais, ter sua própria clínica, atuar como médico do trabalho dentro de empresas e até ir para o lado acadêmico sendo pesquisador da área. 

Com possibilidades tão diferentes, o ideal é que você consiga conversar com profissionais da área para ter uma ideia de como o mercado funciona na prática. Uma outra dica que pode te mostrar um pouco sobre a rotina médica é assistir a séries e filmes que retratam o dia a dia dos profissionais. Apesar de serem histórias fictícias, elas podem te dar uma boa noção do que te espera. 

3. Descubra as habilidades necessárias para a profissão

Mesmo gostando da estrutura do curso de medicina e da carreira de um médico, você também precisa levar em consideração algumas habilidades necessárias para a profissão. Uma delas é lidar com o fato de que você verá sangue e cadáveres durante a faculdade, pois essas etapas fazem parte do processo de formação de um médico.

Outro fator é saber se você está preparado para trabalhar de forma flexível, sem rotina definida e por longas jornadas. Médicos ou internos (quem está no 5º ou 6º ano da faculdade) são acostumados a fazerem plantões que vão de 12 a 24 horas de trabalho e, muitas vezes, trabalham durante a madrugada. 

O momento de escolher uma profissão certamente não é fácil, ainda mais quando falamos de uma carreira tão admirada. Estas são algumas dicas que podem te ajudar a decidir se o curso de medicina é realmente para você, mas não se esqueça de pesquisar a fundo a profissão para tomar uma decisão acertada. 

Se você ainda está na dúvida, veja nosso artigo 5 motivos pelos quais você deve cursar medicina com mais informações sobre o tema!

You may also like
Saiba como ingressar em uma faculdade particular
Devo escolher um curso visando retorno financeiro ou satisfação pessoal?
Vestibulando: saiba como se planejar para estudar em casa

Deixe seu comentário

Seu comentário*

Nome*
Site

Share This