Carreira

5 dicas para planejar e organizar sua rotina de estudos

Existem vários desafios que atrapalham o dia a dia de quem estuda: distrações, grande quantidade de matérias, dificuldade de se concentrar, falta de um local adequado para estudar, mau gerenciamento do tempo, entre outros. A resposta, para esses problemas, está em organizar a rotina de estudos.

A organização ajuda a manter o foco no que realmente importa, otimizando o tempo e ainda melhorando o seu rendimento. Quer aprender a colocar ordem no seu cotidiano? Confira 5 dicas para planejar e organizar sua rotina de estudos.

1. Defina a sua rotina diária

Comece observando a sua rotina e descubra quanto tempo tem livre para dedicar aos estudos. Aproveite para tomar algumas decisões difíceis, como cortar as atividades que são dispensáveis. Para isso, você precisa se conhecer bem e fazer um planejamento de longo prazo — ele é importante para determinar o que será feito durante a jornada.

Além disso, organize um espaço para poder estudar. Coloque nele, em local visível, o objetivo que justifica os estudos. Essa mensagem ajudará nos momentos difíceis, lembrando qual é a sua verdadeira prioridade.

Em uma folha de papel ou planilha no computador, anote todas as atividades que você tem e seus respectivos horários. Inclua a hora de acordar, dormir, tomar café da manhã e até levar o cachorro para passear. O objetivo aqui é conseguir visualizar todos os seus compromissos.

2. Monte um cronograma com os seus horários

Pegue as anotações que fez no tópico anterior e verifique quais são os horários livres que você tem para estudar. Some-os e veja, em horas, qual é a sua disponibilidade. Se o tempo total for inferior ao necessário para que você consiga revisar as matérias, fazer simulados e ler as leituras obrigatórias, é sinal de que algumas atividades deverão ser revistas.

Outro ponto necessário para organizar a rotina de estudos é analisar quais são as suas demandas diárias para ser capaz de aproveitar cada minuto possível para estudar. Em vez de desperdiçar o tempo com redes sociais, papo com os amigos ou com um programa de televisão, concentre-se para absorver o conhecimento que foi visto em sala de aula.

3. Selecione as matérias para estudar

Separe as matérias para estudar, utilizando como critério o peso que elas terão no seu resultado e a dificuldade para aprendê-las. Pegue uma folha de papel e, no topo, coloque as disciplinas que têm mais peso na sua prova. Divida a parte inferior em duas e, do lado esquerdo, ponha as matérias com menor peso e, do direito, as complementares.

As matérias que têm maior peso ou são mais importantes devem ser estudadas de 1 a 2 horas por dia. Já as de menor peso devem ser revistas de 30 a 60 minutos diariamente. Por fim, as complementares podem receber de 10 a 20 minutos da sua atenção diária.

4. Crie um ciclo de estudos flexível

A rigidez de um cronograma fixo pode fazer com que você se desmotive e deixe de estudar uma determinada disciplina. Uma rotina sempre pode conter imprevistos, portanto, prepare-se para mudanças de última hora.

Diante de um compromisso que acabou de surgir, pegue o seu planejamento e reordene os horários para que seja possível estudar em um horário alternativo. Caso seja necessário, inverta a programação do dia.

5. Defina o período para descansar

Por mais que digam que você precisa estudar sem parar, é importante saber que o descanso e o lazer são fundamentais para o seu aprendizado. É compreensível quando há, durante a semana, um curto espaço de tempo para dedicar aos estudos — como o sábado e o domingo. Nesse caso, é necessário maximizar o tempo para conseguir aprender.

Mesmo que essa seja a sua situação, saiba que a pausa entre uma matéria e outra é essencial para a qualidade do seu aprendizado. O cérebro é como os outros músculos do corpo. Ele precisa de um tempo para assimilar o que está aprendendo e, mesmo em repouso, continua consolidando informações na memória.

Quando você pula o momento de descansar ou se divertir, isso gera uma estafa mental — prejudicando sua concentração e aumentando a chance de procrastinar. O mais difícil não é organizar a rotina de estudos, mas, sim, cumpri-la.

Agora que você está por dentro de algumas dicas para planejar e organizar sua rotina de estudos, aproveite para ler o nosso post e descobrir como acelerar os seus resultados com 5 técnicas de estudo!

You may also like
Plano de carreira: saiba como elaborá-lo em 6 passos
Entenda mais sobre 7 habilidades para o mercado de trabalho que são fundamentais
Conheça as 3 profissões na área da saúde mais populares

Deixe seu comentário

Seu comentário*

Nome*
Site

Share This