Cursos

Afinal, como é o curso de Arquitetura e Urbanismo?

Quando termina o Ensino Médio, muitas pessoas se deparam com a difícil escolha de qual carreira seguir. Mesmo para quem já tem certeza sobre a escolha do curso e da profissão, muitas dúvidas podem surgir.

Pensando nisso, neste post, falaremos sobre o curso de Arquitetura e Urbanismo — quais as disciplinas mais comuns entre as instituições, as áreas de atuação, as habilidades necessárias para se dar bem no curso e o mercado de trabalho. Acompanhe!

O que faz um arquiteto?

O arquiteto é responsável por projetar e organizar espaços internos e externos, levando em consideração questões como estética, funcionalidade e conforto. Seu trabalho vai muito além da planta: ele determina os materiais a serem utilizados na obra, a ventilação, a acústica, a iluminação, a disposição da obra em relação ao sol, o terreno e até mesmo a manutenção pós-construção.

Vale destacar que o arquiteto pode atuar junto a um engenheiro ou sozinho, considerando os impactos ambientais que a construção poderá causar e a segurança no que diz respeito à estrutura do imóvel.

Como é o curso de Arquitetura e Urbanismo?

Apesar de variar de instituição para instituição, a grade curricular do curso possui disciplinas das ciências humanas e também das ciências exatas. Os primeiros semestres costumam ser mais teóricos, abordando matérias como história da arte, antropologia, fundamentos estéticos e matemática.

A partir daí, a quantidade de aulas práticas aumenta, dando destaque para disciplinas como projeto arquitetônico e tecnologia da construção. No que diz respeito ao urbanismo, as matérias têm como objetivo preparar o aluno para atuar no planejamento e desenvolvimento das cidades.

Na maioria das instituições, o curso exige o trabalho de conclusão e o estágio para conceder o título.

Quais são as áreas de atuação?

Se engana quem pensa que um arquiteto só pode trabalhar de maneira autônoma ou em escritórios. O leque de opções é bem variado e abrange diversos nichos. A seguir, citamos algumas delas:

1. Arquitetura de interiores

O arquiteto de interiores organiza a área interna, escolhe os itens de acabamento e também a disposição dos móveis.

2. Arquitetura industrial

O arquiteto industrial projeta instalações de indústria com foco nas normas de segurança e otimização do trabalho.

3. Arquitetura verde

Essa área é relativamente recente, nela o arquiteto realiza obras que respeitam o meio ambiente e que sejam mais sustentáveis.

4. Edificação e construção

Nessa área, o profissional projeta e coordena obras, escolhendo materiais e organizando os prazos e custos.

5. Luminotécnica

Na luminotécnica, o arquiteto faz todo o projeto de iluminação de pequenos ou grandes espaços, podendo também realizar iluminação de eventos.

6. Paisagismo e ambiente

Nesse ramo, o foco são os projetos de espaços abertos, como jardins, praças e parques.

7. Restauração de edifícios

O profissional que opta por essa área é responsável por recuperar imóveis antigos e desgastados pelo tempo, buscando manter suas características originais.

8. Urbanismo

Nessa área de atuação, o profissional pode planejar uma determinada região, bairro ou cidade, utilizando diversas ferramentas, como o plano diretor e o plano de zoneamento.

9. Arquitetura cinematográfica

Na arquitetura cinematográfica, o profissional desenvolve projetos para a indústria de filmes, teatros ou atrações, como parques de diversão.

10. Ensino

Por fim, o arquiteto ainda pode atuar na área acadêmica, ministrando disciplinas e cursos.

Quais habilidades são necessárias para se dar bem no curso?

Não existem habilidades específicas para se dar bem no curso. Muitos pensam que ser bom de desenho e ter traços firmes são essenciais, mas isso não é verdade. Como o curso exige um desenho técnico, existem métodos para fazê-lo. Por isso, destaca-se aquele que mais se esforça!

Como é o mercado de trabalho?

As grandes cidades são as que possuem maiores demandas e oportunidades para os arquitetos, isso porque existe uma grande diligência por habitações e infraestrutura. Os principais empregadores são os setores públicos, como as prefeituras e as grandes construtoras. O mercado é crescente no sul, sudeste e nas regiões litorâneas, devido ao turismo.

Esperamos que o nosso post sobre o curso de Arquitetura e Urbanismo tenha ajudado com as suas dúvidas. Lembre-se de que antes de mais nada, ingressar em uma boa instituição como a FACIG faz toda a diferença! 

You may also like
Saiba mais sobre a graduação tecnológica em gestão ambiental
Como é o curso de Enfermagem?
Carreira em Administração: saiba quais você pode seguir!

Deixe seu comentário

Seu comentário*

Nome*
Site

Share This