Vestibulando

Afinal, qual o perfil de um aluno de medicina?

 

Medicina continua sendo um dos cursos de maior prestígio no ensino superior. Seguir a carreira de médico, além de possibilitar a nobre missão de salvar vidas, confere status e garante estabilidade financeira. Sem dúvida, é algo empolgante, porém também desafiador, já que não são todas as pessoas que possuem o perfil de um aluno de medicina.

Antes de se decidir pela carreira de médico, é sensato verificar se você possui o perfil de um estudante de medicina e quais são as qualidades e habilidade necessárias para se dar bem no curso.

Obviamente, essas características podem ser desenvolvidas com um pouco de disciplina. É exatamente o perfil do aluno de medicina que traçaremos aqui para que você já tenha em mente o que é preciso para se destacar no curso.

Gostar de estudar e de se atualizar

A medicina é uma área em constante transformação. Pesquisas, experimentos e descobertas são feitas diariamente, o que faz com que ocorra uma atualização no curso frequentemente.

O aluno de medicina deve gostar de estudar e estar sempre atualizado em relação aos últimos avanços na área. Não basta apenas frequentar as aulas, mas ir a congressos, feiras, estar em contato com os estudos das referências nos campos do saber e ler publicações científicas.

Ser adaptável a horários diferentes

Aulas em distintos momentos durante o dia, plantões de madrugada, internatos rurais, residências — sempre com muita disposição.

O estudante de medicina tem que estar preparado para a ausência de uma rotina específica ao longo do curso, já que as mudanças são bruscas entre os semestres, e os horários de estudo e formação não seguem um padrão.

O ponto positivo é que, posteriormente, já formado, você terá maior autonomia em relação aos seus horários. Com retorno financeiro garantido, será mais fácil criar a sua rotina e se dedicar a atividades de lazer.

Ter equilíbrio emocional e cuidar de sua saúde

A pressão durante o curso de medicina é um dos aspectos mais mencionados pelos estudantes.

Como já mostramos, a carga horária é puxada, e a dedicação aos estudos precisa ser constante. Toda essa exigência pode acarretar estresse e desgaste mental. Sendo assim, ter equilíbrio emocional é fundamental para levar o curso com mais leveza.

Além de cuidar da saúde dos outros, é essencial que o aluno de medicina e futuro médico cuide bem de si. Ninguém vai querer consultar ou se tratar com alguém que aparenta estar doente ou com um aspecto desgastado, certo? Para poder cuidar bem dos outros, é necessário estar bem consigo mesmo.

Desenvolver perspicácia e empatia

Analisar os sintomas, averiguar detalhes do corpo de outra pessoa e possuir um olhar clínico são habilidades que todo aluno de medicina deve possuir. A maior parte dos diagnósticos se dá por meio dessa observação inicial, que é muito importante no ramo da saúde.

Não é só essa perspicácia, no entanto, que garante o sucesso de um estudante e futuro médico. Alteridade e empatia são palavras-chave e definem os bons profissionais de medicina.

Observar e escutar o paciente com atenção também constituem qualidades essenciais para um aluno de medicina, ou seja, saber se relacionar com pessoas de maneira que elas possam confiar em você.

E aí? Você se encaixa no perfil de um aluno de medicina? Lembre-se de que muitas dessas características podem ser desenvolvidas, e ninguém nasce 100% pronto para uma profissão.

Além disso, o mercado de medicina é amplo e absorve os mais variados profissionais. O mais importante é ter paixão por aquilo que você deseja fazer!

Tem alguma outra habilidade que considera essencial para um aluno de medicina? Comente no nosso post!

 

You may also like
Como escolher uma profissão: 5 dicas para acertar na escolha
Bacharelado, tecnólogo ou licenciatura: como escolher?
Como escolher a faculdade ideal para cursar Odontologia

Deixe seu comentário

Seu comentário*

Nome*
Site

Share This