Vestibulando

Aprenda como conseguir o Fies em 4 passos práticos!

Você quer cursar o ensino superior, e viu no Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) uma oportunidade para dar mais um passo na sua carreira sem que, para isso, precise comprometer toda a sua renda?

Esse programa do Governo Federal pode ser uma ótima oportunidade para dar início ao seu futuro, mas é preciso ter atenção aos critérios para ser um dos beneficiados com esse fundo.

Por isso, preparamos este post para você. Continue a leitura e descubra, em 4 passos, como conseguir o Fies!

O que é o Fies? 

Criado pelo Ministério da Educação em 1999, o Fundo de Financiamento Estudantil é um programa do Governo Federal que tem como objetivo facilitar o acesso dos jovens a uma instituição de ensino superior privada. A ideia é que o beneficiário consiga arcar com as despesas universitárias, como a mensalidade, sem comprometer a renda. 

Com o diploma em mãos, o jovem deve, então, devolver o valor emprestado por meio de parcelas mensais. O Fies oferece diferentes tipos de financiamentos, de acordo com a situação do beneficiário.

Veja, a seguir, quais são os critérios para conseguir o financiamento.

Como conseguir o Fies?

1. Requisitos

O primeiro passo para conseguir o Fies é saber se você se enquadra nos requisitos exigidos pelo programa. O principal deles, e que vai definir o benefício, é vir de uma família de baixa renda. 

Algumas mudanças foram feitas na última edição do programa e, a partir de agora, o valor da renda vai determinar o financiamento. Veja outros requisitos, a seguir:

  • ter feito, em qualquer ano, o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem);
  • ter obtido nota maior do que zero na redação do Enem;
  • ter conseguido, pelo menos, 450 pontos no Enem;
  • não ter renda familiar bruta maior do que 5 salários mínimos;
  • ter participado e sido selecionado pelo Ministério da Educação.

2. Inscrição​

Se você se encaixa nos critérios mencionados acima, é hora de partir para a segunda etapa do processo para conseguir o Fies. É preciso fazer uma inscrição no site do MEC e informar seus dados. 

Depois, você receberá um e-mail para confirmar o cadastro. Com isso, deve-se preencher um formulário com dados pessoais e também informações sobre o curso desejado.

Ao passar nessa primeira etapa de inscrição, o beneficiário deverá fazer um novo cadastro, desta vez no SisFies, e apresentar a proposta de financiamento.  

3. Instituição de ensino

Nesta fase, o jovem deve procurar a instituição de ensino superior escolhida, com o objetivo de validar as informações sobre o processo na Comissão Permanente de Supervisão e Acompanhamento (CPSA) — setor responsável pelo Fies nas faculdades

Lembre-se de que, assim como você deve cumprir alguns requisitos, a instituição também precisa atender aos critérios para participar do programa. O benefício pode ser oferecido a qualquer curso de bacharelado, mas a faculdade escolhida deve ter nota igual ou superior a 3 no Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (Sinaes).

4. Banco

Com toda as outras etapas cumpridas, chegou a hora de fechar o financiamento. Assim, o beneficiário deve ir ao Banco do Brasil ou à Caixa Econômica, junto ao fiador, para negociação. É preciso levar identidade, CPF, comprovante de residência e documento de regularidade de inscrição (DRI).  

O valor financiado pode ser de 10% a 100% da mensalidade, mas não pode ultrapassar o limite de R$ 7 mil. Isso vai depender, porém, da renda familiar do estudante.

Pronto, agora que você já sabe como conseguir o Fies, não perca mais tempo e dê início à sua carreira profissional. Escolha o curso que você sempre sonhou e prepare-se para o mercado de trabalho e um futuro promissor!

Se você gostou deste artigo, assine a nossa newsletter e receba mais conteúdos exclusivos no seu e-mail!

You may also like
3 dicas para saber se o curso de medicina é realmente para você
Entenda de uma vez por todas como fazer teste vocacional
Afinal, como funciona um teste vocacional?

Deixe seu comentário

Seu comentário*

Nome*
Site

Share This