Vestibulando

Como controlar a ansiedade no vestibular ou na prova do Enem?

Você é estudante e está aborrecido por desconhecer uma forma de lidar com a ansiedade no vestibular ou na prova do Enem? Saiba que esse é um estado emocional que, ocasionalmente, atinge todas as pessoas, porém é mais recorrente entre os jovens. Causada por uma descarga de Noradrenalina, os sintomas da ansiedade são angústia, inquietação e, muitas vezes, mal-estar — como dor de barriga, enjoo e até desmaio.

A proximidade das provas, o aumento do ritmo de estudos, a pressão familiar, o medo de um possível fracasso, além do receio de que ocorra imprevistos no dia do exame que afetem a performance (como dificuldade de raciocínio e baixa concentração), só intensificam o problema.

Ansiedade em excesso pode ser prejudicial! Pensando nisso, reunimos alguns passos simples para que você mantenha o autocontrole e afaste definitivamente a agonia e inquietação que desestabilizam tantos vestibulandos neste momento crucial. Acompanhe:

1. Planeje o trajeto até o local das provas

Caso você esteja receoso quanto ao trajeto até o seu local de provas por estar localizado em um bairro desconhecido, não entre em pânico. Basta visitar o local algumas vezes uma semana antes das avaliações.

Essa simples ação permitirá que você se familiarize com a região, cronometre o tempo de deslocamento da sua residência até o estabelecimento de ensino, confira como é o trânsito nas ruas ao redor e saiba quais opções de transporte público atendem o lugar.

Dessa maneira fica mais fácil prever com quantas horas de antecedência você deverá sair de casa e descobrir, inclusive, qual o meio de transporte mais indicado para chegar ao lugar com tranquilidade.

Por exemplo, Vitor era um vestibulando que desconhecia completamente o seu local de provas. Logo, seu pai sugeriu visitar a instituição duas vezes naquela semana: uma de metrô e outra de ônibus, a fim de encontrar a melhor forma de deslocamento. Vitor, então, descobriu que se saísse com duas horas de antecedência e pegasse um ônibus, chegaria ao lugar na hora certa.

2. Relaxe para controlar a ansiedade no vestibular

Fazer coisas que você considera agradáveis é importante para amenizar a angústia nas vésperas da prova. Portanto, escute uma música que você ama, se alimente bem, saia com seus amigos e assista ao seu filme preferido. São distrações bem-vindas e que ajudam a diminuir o estresse.

Não adianta estudar de última hora! Tentar aprender qualquer assunto pouco antes do exame não é recomendável e só aumentará a sua inquietação. Relaxe! Lembre-se que você se preparou durante todo o ano para realizar a prova, sendo assim, está capacitado para fazê-la.

Um dia antes do vestibular, Vitor foi ao cinema com seus amigos e se divertiu bastante. Em casa, fez um lanche saudável, escutou suas músicas favoritas, separou suas canetas e documentos e dormiu cedo. No dia seguinte, estava relaxado e descansado para a prova.

3. Considere encontrar um amigo no local

É bastante comum que amigos, da escola ou cursinho, realizem as provas no mesmo local. Se for o seu caso, considere a possibilidade. Ter pessoas de quem você gosta por perto pode deixá-lo mais calmo e atenuar preocupações como a dificuldade das questões e o tema da redação, por exemplo.

4. Adote uma técnica de respiração

Quando você está ansioso e nervoso, não só há uma descarga de adrenalina no seu organismo, como também há uma aceleração no ritmo dos seus batimentos cardíacos e, em especial, da sua frequência respiratória — que é capaz de alterar a quantidade de oxigênio no cérebro.

Por conta disso, sua capacidade de raciocinar, calcular, refletir ou mesmo recordar é afetada, fazendo com que até questões simples se tornem difíceis de responder. Portanto, adote uma técnica de respiração alguns minutos antes de começar as provas para que, assim, seja possível respondê-las tranquilamente. Inspirar e expirar de 5 a 10 segundos, entre 5 e 8 vezes seguidas, pode ajudar na oxigenação do cérebro.

Enfim, independentemente do curso, todo mundo precisa lidar com a ansiedade no vestibular ou Enem. Agora que você aprendeu a controlar seu estado emocional, já pode colocar em prática e arrasar nas provas! Quer compartilhar a sua experiência com a gente? Deixe seu comentário!

You may also like
Por que a interpretação é a chave para ir bem nas provas do vestibular?
6 dicas para se dar bem no vestibular de medicina
Afinal, como funciona um teste vocacional?

Deixe seu comentário

Seu comentário*

Nome*
Site

Share This