Cursos

Como é o curso de Enfermagem?

Depois de descobrir sua vocação profissional, o próximo passo é procurar por uma faculdade que ofereça um curso de qualidade, fazendo seu investimento financeiro e seus anos de dedicação valerem a pena. Para fazer uma boa escolha, estar bem informado é fundamental.

A área da saúde geralmente tem alta empregabilidade e o curso de enfermagem pode ser uma ótima opção para quem deseja cumprir um papel social de assistência à saúde da comunidade ou contribuir para o campo de pesquisas e ensino. Quer saber mais? Confira!

Curso superior e técnico

A confusão entre os dois cursos é comum, mas é importante saber que um enfermeiro, de fato, é o profissional que tem um diploma de curso superior em enfermagem, ou seja, bacharelado. Sua duração média é de quatro a cinco anos e suas principais funções são prestar assistência médica, administrar medicamentos, fazer curativos, coletar amostras para exames e auxiliar nas cirurgias. Entre as vantagens de se fazer o curso de bacharelado estão a ampla área de atuação e a melhor remuneração.

Já a graduação técnica em enfermagem é um curso de aproximadamente dois anos, por meio do qual o profissional se torna apto a trabalhar na área da saúde, porém, sempre com supervisão de um enfermeiro. Apesar de ter uma área de atuação mais limitada, é uma boa alternativa para quem deseja ou precisa chegar mais rápido ao mercado de trabalho.

Um ponto em comum para quem pretende cursar um dos dois cursos é ter características como facilidade em lidar com diversos tipos de pacientes, flexibilidade de horários, gostar de trabalhar em equipe, equilíbrio emocional e ser paciente. 

Composição do curso de Enfermagem

O curso de enfermagem tem um currículo bastante voltado às ciências biológicas, como não poderia deixar de ser. Disciplinas como anatomia, bioquímica, citologia, histologia, nutrição e patologia compõem a sua base. Algumas faculdades também incluem matérias como psicologia e administração.

À medida que o aluno evolui, os estudos começam a ser mais específicos e abranger a prática, com estágios de atendimento a pacientes e cuidado de enfermarias. O estágio supervisionado é obrigatório para que o curso seja concluído. 

Mercado de trabalho

As possibilidades de atuação são muitas e dão ao profissional a oportunidade de escolher uma área de maior identificação para se aprofundar e se aperfeiçoar. Um curso de especialização pode ser importante para maior destaque no mercado de trabalho, já que a competitividade está cada vez maior e ainda pode render melhor remuneração.

Na enfermaria geral, o profissional deve estar preparado para comandar os técnicos e auxiliares no dia a dia dos hospitais e clínicas públicas ou particulares. Há, também, as áreas específicas, como geriatria, cirurgia, obstetrícia, pediatria, psiquiatria, oncologia, entre outras.

Quem tiver interesse em trabalhar com saúde pública, pode auxiliar na prevenção de doenças, capacitar agentes de saúde e até atender pacientes até creches e escolas.

A área de pesquisa envolve projetos como o desenvolvimento de novos medicamentos e estudos epidemiológicos. Por fim, os enfermeiros podem optar por atendimento personalizado domiciliar ou pela carreira acadêmica.

Gostou de saber mais sobre o curso de Enfermagem? Se ainda restar alguma dúvida, deixe seu comentário e compartilhe com a gente!

You may also like
Saiba mais sobre a graduação tecnológica em gestão ambiental
Afinal, como é o curso de Arquitetura e Urbanismo?
Curso de Direito: tire aqui todas as suas dúvidas

Deixe seu comentário

Seu comentário*

Nome*
Site

Share This