Vestibulando

Como fazer resumos para estudar para o vestibular?

Para conquistar aquela tão sonhada vaga em uma faculdade, é necessário um bocado de disciplina e de dedicação. Na hora de estudar, você deve desenvolver alguns métodos para absorver o conteúdo e se sair bem nas provas. Já sabe como fazer um resumo eficiente? Ele pode ajudar bastante nesse sentido.

Elaborar um resumo não é tarefa simples, uma vez que exige habilidades como interpretação de texto, análise detalhada das ideias expostas, hierarquização de conceitos e uma boa capacidade de redação.

Por isso, fizemos este post. Ele vai auxiliar você nessa missão. Acompanhe as nossas dicas para que você faça ótimos resumos e passe no vestibular. Boa leitura!

Um exemplo de sucesso

Mariane é estudante de Direito há menos de um ano. Trabalha desde os 16 para ajudar a família. Por isso, sempre teve de conciliar a rotina de estudos com a vida profissional. Ela conta que, na época do vestibular, fazer resumos foi fundamental para que conseguisse assimilar a matéria.

“Lia minhas anotações sempre que podia, no ônibus, em meus intervalos no serviço, antes de dormir…”, relata a estudante. Ela diz ainda fazer uso dessa técnica para realizar as provas e apresentar os trabalhos da faculdade. Que tal seguir o exemplo de Mariane para escrever sua própria história de sucesso? O primeiro passo é aprender como fazer um resumo adequado.

Diferença entre o resumo e a resenha

Basicamente a diferença entre o resumo e a resenha está na opinião. O primeiro é uma condensação do texto, exprimindo as ideias de forma mais fiel possível ao texto original. Não é uma cópia, mas também ele não altera o sentido daquilo que foi escrito pelo autor.

A resenha, por sua vez, tem como principal objetivo fazer uma síntese com uma avaliação crítica do que foi exposto. É um texto opinativo.

De maneira geral, o resumo é o mais adequado para os estudos. Contudo, se o que se pretende é praticar para a redação ou até mesmo se preparar para um debate, a resenha pode ser bem-vinda. Avalie o seu objetivo antes de escolher o gênero textual a ser utilizado.

Como fazer um resumo

O resumo deve ser feito com o intuito de facilitar a absorção do conhecimento, ou seja, ajudar a manter as informações já aprendidas. Prepará-lo também é uma forma de estudar, pois é necessário que você domine o assunto para iniciar a escrita.

Entre as inúmeras vantagens que a prática traz, o auxílio nos seus estudos é a principal delas. Ao voltar em um conteúdo, é muito mais fácil recorrer ao resumo para refrescar a memória. Quando escrevemos sobre algo, a probabilidade de fixação do assunto também é maior. Afinal, exercitamos o cérebro para sintetizar aquilo que lemos.

Para criar um bom resumo, fique atento aos pontos listados abaixo!

Não copie

É de extrema importância que você faça o resumo com as suas próprias palavras. Ao apenas copiar o conteúdo do material estudado, não se tem a verdadeira compreensão do tema. É essencial se forçar a explicar a matéria da sua maneira, ou seja, como aquilo fez sentido de acordo com o seu ponto de vista.

Releia o texto até compreender bem o assunto

Para elaborar um resumo eficiente é necessário estar bem afiado sobre o conteúdo do texto original. Quanto mais reler, maior será a sua segurança para sintetizar. Isso porque você terá se certificado de que entendeu tudo corretamente.

Entre uma leitura e outra, faça também exercícios para fixar a matéria em sua mente. Dessa forma, as suas horas de estudo serão bem mais produtivas e deixarão você mais perto da universidade.

Não exagere nos detalhes

Como já dissemos, o resumo é uma condensação do texto. Colocar informações demais é sinal de que não houve uma boa interpretação do conteúdo. O interessante é destacar os aspectos que são fundamentais para a compreensão do texto.

Foque nas principais ideias

Leia e releia atentamente o texto. Durante a leitura, procure identificar as ideias centrais, as mais importantes. Lembre-se que existem as primárias e as secundárias. Todas têm o seu valor, mas as primárias são mais relevantes para as suas anotações.

Faça um resumo organizado

Geralmente, os textos apresentam uma progressão. Esquematize a sua escrita de acordo com a ordem do texto. Dessa forma, ela terá as mesmas características do texto original.

Use tópicos

Fazer tópicos é uma das técnicas mais clássicas quando o assunto é a elaboração de resumos. Pontos, setas, subtítulos, não importa que símbolo você use, o importante é esquematizar o assunto estudado.

Quando você desdobra o texto, o cérebro é forçado, cada vez que recorre ao resumo, a conectar as ideias apresentadas. É como se a informação voltasse a ser apresentada, na sua mente, como no material original.

Crie mapas mentais

Os mapas mentais são a melhor opção para as pessoas que possuem a memória fotográfica apurada. Para assimilar e memorizar o conteúdo, a técnica é muito simples: basta colocar o tema central do estudo no meio de uma página e, a partir disso, ir puxando conceitos.

E o desdobramento não para por aí. Os conceitos principais podem dar origem a conceitos secundários e assim sucessivamente. Usar cores diferenciadas também auxilia na tarefa.

Construir essa teia de conhecimentos pode parecer algo complexo em um primeiro momento, mas com a prática, será muito fácil se adaptar. Os resultados serão surpreendentes!

Identifique o gênero do texto

Esse é um passo muito significativo, pois ajudará a entender melhor as ideias do autor e, também, auxiliará na hora de colocar as suas concepções do texto no papel.

Existem muitos gêneros textuais como, por exemplo, crônica, narrativa e artigo de opinião. Uma boa bagagem de leitura pode trazer mais familiaridade com os diversos tipos de texto.

Marque as passagens mais importantes

Sempre que o material permitir, sublinhe as passagens principais e faça breves anotações com uma síntese da ideia ou algumas palavras-chave que identifiquem aquele trecho. Isso ajudará no momento de fazer seu resumo.

Marca texto de cores diversas, post its coloridos (de pequenos a gigantes), canetas de variados tons… Existe uma infinidade de itens de papelaria que podem contribuir para ressaltar as informações fundamentais de um texto. Com eles, o tempo de estudo se tornará divertido e produtivo.

Atente-se aos dados

Cuide para que cada matéria tenha as informações mais relevantes anotadas. Por exemplo: as de exatasdevem conter as fórmulas; em resumos de História não podem faltar datas e nomes de personagens centrais dos acontecimentos históricos; e assim por diante. Junto ao resumo, você pode criar perguntas e respostas para explorar mais o conteúdo e reter melhor o aprendizado.

Não existe mágica para estudar. Contudo, há uma infinidade de técnicas que auxiliam o estudante. O “segredo” está no empenho e na força de vontade de quem quer conquistar um diploma universitário. Com a prática, encontre os recursos que mais funcionam com você. Isso varia de estudante para estudante.

Agora que já explicamos como fazer um resumo eficiente, vamos mudar de assunto. Você conhece o curso tecnólogo? Essa modalidade de graduação é focada no conhecimento prático e apresenta algumas diferenças quando comparada aos cursos tradicionais. Quer descobrir quais são elas e as vantagens desse tipo de formação? Então leia o nosso outro artigo sobre o tema.

You may also like
Saiba mais sobre a carreira e o curso de engenharia civil
Qual é o curso ideal para cuidar do negócio próprio?
Quais cursos estão em alta na área da saúde?

Deixe seu comentário

Seu comentário*

Nome*
Site

Share This