Carreira

Confira 3 mitos comuns do curso superior de Matemática

Muitas pessoas desconhecem o fato de que fazer um curso superior de matemática possibilita diferentes caminhos em uma jornada profissional. Além do magistério, essa graduação traz habilitação para atuar nas áreas econômica, financeira, tecnológica, física e de pesquisa.

Portanto, se você cogita fazer um curso de matemática e não tem interesse em seguir uma carreira como professor, chegou a hora de desvendar alguns mitos sobre essa graduação.

Neste post, você conhecerá um pouco mais sobre o curso superior de matemática. Além disso, desmistificamos algumas questões recorrentes. Boa leitura!

O profissional de matemática

O curso superior de matemática possibilita dois tipos diferentes de graduação: licenciatura e bacharelado. A primeira é voltada para capacitar profissionais ao magistério, formando professores aptos a ministrarem aulas para o ensino fundamental e médio.

Além disso, após a licenciatura, o profissional poderá investir em cursos de pós-graduação e abrir caminho para se tornar um professor ao nível universitário.

O bacharelado, por sua vez, oferece um leque maior de alternativas profissionais. Esse tipo de graduação possibilita a atuação na área da engenharia, da bioquímica, da economia, da biologia, do marketing, do estudo de clima e, inclusive, em alguns órgãos públicos.

O matemático utiliza fórmulas para confirmar teorias e hipóteses. Esse tipo de metodologia e raciocínio lógico auxilia em trabalhos como elaboração e análise de bancos de dados, por exemplo.

O mercado de trabalho

Tornar-se professor é o caminho tradicional de quem opta por estudar matemática. Isso porque o mercado é bastante aquecido: segundo dados do Inep, existe um déficit de profissionais habilitados para atuar dentro das salas de aula, principalmente no ensino fundamental e médio.

Entretanto, a capacidade logística (altamente desenvolvida durante os anos de graduação) é um requisito procurado por organizações dos mais diversos setores.

Por exemplo, empresas de tecnologia buscam serviços dos matemáticos para elaborar softwares e programas que calculam lucro em vendas de produção ou até mesmo em gestão de estoque.

Os mitos sobre o curso superior de matemática

Se você possui interesse em investir nessa área, é preciso ter bastante conhecimento e tirar algumas ideias de senso comum da sua cabeça.

Um dos mitos já abordamos, o fato do matemático não ser exclusivamente formado para tornar-se professor. Agora, listamos mais três mitos que você precisa eliminar antes de realizar sua matrícula.

1. Matemático tem baixa remuneração

Este mito está relacionado a duas ideias que muitos tomam como realidade: todo matemático é professor e, todos os docentes são mal remunerados. A realidade, porém, mostra professores com bons salários, assim como matemáticos atuantes em outras áreas profissionais.

De fato, o salário inicial de um graduando de matemática gira em torno de R$ 3,5 a R$ 4 mil reais, com tendência a aumentar conforme a trajetória profissional.

2. A profissão envolve apenas números

De certo os cálculos fazem parte da matemática. Entretanto, eles não resumem toda a vida e a área de atuação de um profissional da área.

A matemática é uma ciência que estuda as relações abstratas e lógicas que necessitam de entendimento. Portanto, os números são apenas um dos aspectos nessa complexa realidade.

3. A matemática é uma área exclusivista

A compreensão do mundo — tanto acadêmico, quanto profissional — está mudando para a interdisciplinaridade.

Ou seja, a matemática não é mais entendida como uma disciplina separada das demais. Ela cria pontes para diversos entendimentos e auxilia na compreensão das ciências humanas e da natureza.

A sociologia, por exemplo, utiliza-se de muita estatística para compreender uma realidade social ou uma vivência a ser estudada.

Vale lembrar que o curso superior de matemática tem o período médio de duração de 4 anos. Durante esse período, o estudante entra em contato com diferentes habilidades.

Gostou do artigo? Então, aproveite a sua visita e siga-nos nas redes sociais. Estamos no Facebook, Twitter e Instagram!

You may also like
Planejamento profissional: entenda a importância para a carreira
JORNADA INTERNACIONAL DE DIREITO DO UNIFACIG É SUCESSO ABSOLUTO
Veja aqui quais são as 5 características do profissional do futuro

Deixe seu comentário

Seu comentário*

Nome*
Site

Share This