Vestibulando

Conheça os 4 erros comuns na escolha na profissão e como evitá-los

Decidir qual carreira seguir é um processo que exige autoconhecimento, reflexão sobre afinidades e habilidades e, principalmente, uma análise do que se espera realizar pessoal e profissionalmente. Afinal, muitos erros na escolha na profissão comprometem esses planos e podem impactar negativamente o seu futuro.

Por essa razão, reunimos 4 dos principais equívocos cometidos para que você evite-os e tome sua decisão com o máximo de segurança e tranquilidade. Confira!

1. Seguir uma carreira para agradar a família

Um dos principais erros na escolha na profissão consiste em optar não por aquela com a qual se tem afinidade e interesse, mas sim uma que, na opinião de terceiros, em especial a família, é mais vantajosa.

É claro que, durante o processo de análise das possíveis carreiras que você pode seguir, seus parentes poderão servir como exemplo e ainda lhe dar informações importantes sobre o mercado, retorno financeiro e possibilidade de crescimento. Contudo, a decisão deve ser única e exclusivamente sua.

Afinal, quando você não está satisfeito pessoal e profissionalmente, o seu trabalho é afetado e, com isso, seu rendimento, sua disposição e sua diligência em realizar obrigações e tarefas ficam comprometidos.

Portanto, pondere e analise o que as pessoas ao seu redor têm a dizer, mas não ceda às pressões ou imposições.

2. Optar por uma profissão visando apenas o status ou o retorno financeiro

Outro equívoco bastante comum é optar por uma carreira se baseando apenas no dinheiro ou no status. E a razão para isso é muito simples: nenhuma profissão é garantia absoluta de retorno financeiro — muito pelo contrário.

O que resultará nisso e fará com que os demais reconheçam o seu trabalho e o prestigiem é o seu esforço pessoal, a sua determinação e o seu empenho em aprender cada vez mais.

Portanto, foque em seguir uma área com a qual você tem afinidade. Dessa forma, você se sentirá motivado a crescer, a desenvolver suas habilidades e a se adaptar às novidades. O resto será consequência disso.

3. Não pesquisar a fundo quais são as áreas de atuação da profissão

Também é recorrente escolher uma profissão se baseando apenas em conhecimentos genéricos sobre ela, sem sequer conhecer os ramos de atuação e outros aspectos de cada uma dentro do mercado de trabalho.

E isso, como é de se imaginar, facilmente se converterá em um problema no futuro. Portanto, antes de “bater o martelo” sobre a trajetória profissional que você deseja trilhar, faça uma pesquisa completa sobre todos os aspectos dela.

Isso inclui, por exemplo, desde os detalhes básicos da formação até as oportunidades em setores empresariais, educacionais, hospitalares etc.

4. Ignorar as novas tendências do mercado

Por fim, outro dos erros na escolha na profissão é ignorar as novas tendências do mercado de trabalho que são denominadas como “profissões do futuro”. Afinal, a cada ano, mais vertentes surgem e exploram áreas com novos conceitos, tecnologias, aplicações científicas e uma maior flexibilidade de trabalho.

Contudo, isso não implica, é claro, que você não possa escolher uma carreira mais tradicional, Apenas esteja aberto e atento a essas tendências, pois você pode aproveitar essas oportunidades para expandir seu conhecimento e ter novas vivências profissionais.

Agora que você já sabe quais são os principais erros na escolha na profissão, poderá evitá-los e analisar com muito mais cuidado e atenção o que cada ramo pode lhe oferecer, qual combina mais com o seu perfil e qual lhe proporcionará satisfação pessoal e profissional.

E, se você gostou de ler mais a respeito do assunto deste post, não deixe de conferir como o autoconhecimento lhe ajudará na escolha profissional!

You may also like
Como escolher a faculdade ideal para cursar Odontologia
Como a alimentação pode me ajudar na hora da prova de vestibular?
Explicamos aqui como funciona o Prouni no segundo semestre

Deixe seu comentário

Seu comentário*

Nome*
Site

Share This