Vida de Estudante

Descubra como funciona uma incubadora de startup

Você sabe o que faz uma incubadora de startup? Essas organizações podem fornecer a ajuda necessária para que novas empresas consigam sobreviver em meio a um mercado tão competitivo.

Este post foi elaborado para explicar o que são e como elas funcionam. Ao final, também mostraremos qual é o procedimento necessário para ter projetos incubados nesses locais. Vale a pena conferir!

O que é incubadora de startup?

As incubadoras de startup são organizações que têm o objetivo de fortalecer e preparar pequenas empresas para garantir a sua sobrevivência no mercado. Elas são mantidas por instituições públicas ou privadas.

Segundo o Guia Empreendedor, as incubadoras conseguem reduzir em até três vezes as chances de uma startup fechar as portas logo nos primeiros anos de atividade. São consideradas startups as micro e pequenas empresas em estágio inicial, que oferecem produtos ou serviços com significativo grau de inovação.

As empresas interessadas, se atenderem aos critérios de seleção, podem abrigar os seus negócios nesses locais, onde contam com um programa colaborativo de apoio composto por consultorias, treinamentos e espaço para o trabalho. De modo a desenvolver o aspecto comercial, pode ser oferecido suporte para:

  • adaptação do modelo de negócios;

  • criação dos planos de negócio e de marketing;

  • realização de procedimentos contábeis, gestão financeira, controle de custo e exportação;

  • adequação às normas jurídicas;

  • captação de investidores;

  • desenvolvimento empreendedor.

Como elas funcionam?

As incubadoras constituem um espaço planejado para o desenvolvimento de novos negócios. Portanto, há uma estrutura completa para isso, incluindo salas de reunião, internet, telefone e serviços de recepção.

A maioria das incubadoras brasileiras está ligada às universidades. Elas não possuem fins lucrativos e costumam receber projetos por até três anos em sua sede, cobrando uma taxa de manutenção.

O espaço permite que os estudantes coloquem em prática o conhecimento teórico adquirido nas aulas para auxiliar os novos empresários a construírem negócios sólidos. Além da oportunidade de aplicação do ensino, as instituições possibilitam o aumento do número de empregos e elevam a qualidade do que é produzido no país.

Como ter projetos incubados nesses locais?

As incubadoras, geralmente, abrem editais anuais para projetos, exigindo um plano de negócios para análise. Como critérios para aceitação, são observados os seguintes aspectos:

  • o projeto deve ser criativo e inovador em algum aspecto;

  • o negócio precisa ter viabilidade no mercado;

  • é necessário que o empresário tenha qualificação técnica para gerir o projeto;

  • deve existir relação entre o negócio e a filosofia da incubadora;

  • é indispensável ter um capital mínimo para arcar com o início do projeto.

Encaixam-se nesse perfil as microempresas, os empreendedores que têm uma ideia, mas ainda não fundaram o negócio e as empresas já atuantes no mercado que querem lançar um novo produto.

Viu como funciona uma incubadora de startup? O trabalho prestado por elas, certamente, representa um canal de vantagens múltiplas. Os estudantes universitários conseguem experiência em suas áreas de atuação e as empresas desfrutam de todo o aporte necessário para não só se estabelecerem no mercado, como também serem bem-sucedidas.

Continue conosco e confira o edital do Coffee Valley. Essa pode ser a oportunidade ideal de alavancar o seu negócio ou tirar aquela grande ideia do papel.

You may also like
6 mitos e verdades sobre o curso de Medicina que você precisa conhecer
Como vencer os desafios de estudar e trabalhar ao mesmo tempo?
Como memorizar melhor: anotar à mão ou no computador?

Deixe seu comentário

Seu comentário*

Nome*
Site

Share This