Carreira

Enfermeiro, técnico e auxiliar de enfermagem: entenda as diferenças!

A área da saúde é reconhecida pelos seus diversos campos de especialização e com a carreira de enfermagem não é nada diferente. Sendo uma profissão que causa uma grande sensação de autorrealização para aqueles que desejam ajudar o próximo, existem poucas atividades profissionais que despertam tanta curiosidade.

Entretanto, para aqueles que estão em busca de ingressar nessa atividade profissional, é preciso, antes de mais nada, saber que existem vários caminhos possíveis.

No caso da enfermagem, existem basicamente três formações principais que nós abordaremos ao longo desse post.

Pronto para saber mais? Continue lendo!

A diferença entre as formações

O cargo do enfermeiro muda de acordo com sua formação. Como existem três grandes “cursos básicos”, é preciso saber que existem algumas diferenças entre cada um deles.

Antes de iniciar seus estudos, entenda bem o papel de cada uma dessas formações para que não ocorra um descontentamento com a profissão e com o curso escolhido.

O mercado de trabalho do profissional da enfermagem é bem amplo, e cada um dos cursos apresentam suas particularidades quanto às técnicas de ensino e conteúdo.

Nós veremos algumas dessas diferenças abaixo. Vamos em frente!

Graduação em Enfermagem

Os graduados que querem fazer a carreira de enfermagem são aqueles que chamamos de “enfermeiros” no alto sentido da palavra. Aqui, o curso é de ensino superior e o formando é o responsável por organizar as funções do técnico e do auxiliar em enfermagem.

O profissional precisa ter uma boa capacidade de liderança, proatividade e uma boa noção do gerenciamento de tempo e de uma equipe, além de dominar os procedimentos médicos que são de sua competência, claro.

Esses profissionais podem variar a sua atuação de acordo com cursos de especialização. Não podemos nos esquecer que o graduado em enfermagem também está apto a realizar todos os procedimentos que são feitos por sua equipe em um hospital ou outro local de trabalho da sua escolha.

A graduação tem duração média de cinco anos. Esses profissionais lidam com pacientes que estão em todos os graus de complexidade.

Curso Técnico em Enfermagem

O curso técnico de enfermagem é aquele que capacita um indivíduo a realizar os procedimentos de cuidados médicos a um paciente, seja qual for sua área de atuação.

Esse profissional é subordinado do graduado em enfermagem e seu curso tem duração média de dois anos.

Cuidados no pré e pós-operatório, por exemplo, fazem parte da rotina da maioria desses profissionais. Entretanto, o trabalho em clínicas de tratamento intensivo e em outras instalações médicas também podem ser o seu posto de trabalho.

Importante mencionar que o técnico de enfermagem sempre trabalha sob supervisão de um enfermeiro.

O grau de complexidade dos pacientes pode variar de acordo com a função. Entretanto, casos mais graves também podem ser alvo do técnico de enfermagem (desde que ele esteja supervisionado).

Curso de Auxiliar de Enfermagem

O auxiliar de enfermagem é o profissional que fornece ajuda para o técnico e o enfermeiro. Seu curso tem duração média de um ano e meio, podendo variar um pouco de acordo com a instituição.

O auxiliar deve sempre trabalhar sob supervisão (seja do técnico ou do enfermeiro), e a complexidade dos pacientes pode variar de acordo com sua função dentro de uma instituição de saúde.

Aplicar vacinas, fazer curativos, ministrar medicamentos e outras atividades dos outros dois cursos também podem fazer parte da rotina do auxiliar de enfermagem.

Lembrando que as duas outras áreas acima também estão aptas a realizar esses procedimentos que são considerados de baixa complexidade.

Como você pode ver, o cargo pode variar drasticamente de acordo com a formação desse importante profissional de saúde. Ressaltamos que, além do desejo pessoal, é preciso observar a vocação para ingressar em qualquer um desses cursos.

Gostou do nosso post sobre a carreira de enfermagem? Agora, aprofunde os seus conhecimentos com a leitura do nosso post sobre o perfil de um bom enfermeiro!

You may also like
Saiba como ganhar experiência profissional durante a faculdade
6 características essenciais de um enfermeiro de sucesso
Plano de carreira: saiba como elaborá-lo em 6 passos

Deixe seu comentário

Seu comentário*

Nome*
Site

Share This