Carreira

Engenharia e arquitetura: quais são as oportunidades de mercado nessas áreas?

Você sabia que engenharia e arquitetura podem trabalhar juntas, principalmente na construção civil? As duas áreas, apesar de formar profissionais diferentes, têm alguns pontos em comum.

É sobre isso que falaremos neste post. Também mostraremos como é o mercado de trabalho para ambas as carreiras, incluindo as possibilidades de atuação e a média salarial. Continue com a gente e tire todas as suas dúvidas!

Como é o trabalho de arquitetos e engenheiros na construção civil?

A construção civil é um setor muito importante para a economia do país. Ela envolve a edificação de estruturas diversas, o que vai muito além de casas e apartamentos — aeroportos, hotéis, teatros, shoppings e hospitais são alguns exemplos. Nesse tipo de trabalho, especialmente, a engenharia e a arquitetura exercem papéis distintos e complementares, indispensáveis para o sucesso do projeto.

O arquiteto é o profissional responsável pela elaboração da planta, pela distribuição dos espaços internos e pelo planejamento da fachada. O engenheiro civil, por sua vez, tem como tarefa fazer o cálculo e o dimensionamento das colunas e vigas, determinar como será o processo de distribuição de cargas e escolher as ferragens e os materiais envolvidos na obra.

Mas não pense que essas atividades são fechadas. Como as duas áreas têm forte relação, os profissionais podem, e devem, trabalhar juntos, dividindo a responsabilidade por diversas atividades que fazem parte da construção.

Você sabia que existe um único conselho profissional que regula a atividade das duas carreiras? Estamos falando do Conselho Regional de Engenharia e Arquitetura (CREA).

Arquitetura: como é o mercado de trabalho?

A arquitetura tem a proposta de projetar os espaços habitados pelo homem. Nesse sentido, a formação é multidisciplinar, envolvendo as ciências humanas, o processo de ocupação de cidades e bastante cálculo — justamente porque essa habilidade é requisitada no dia a dia da profissão.

O campo para atuação dos arquitetos é bem amplo e diversificado. Veja quais são as principais oportunidades:

  • organizações ligadas a construção civil, urbanização e paisagismo;
  • instituições e laboratórios que realizam pesquisa científica e tecnológica;
  • escritórios de arquitetura e urbanismo;
  • setores públicos de planejamento urbano e de recuperação e preservação do patrimônio histórico e urbanístico;
  • órgãos de pesquisa;
  • atuação autônoma em diversos projetos, inclusive relacionados à definição de padrões de comunicação de empresas e ao design de objetos;
  • organizações sociais.

O salário do arquiteto pode variar de acordo com três principais fatores: tempo de experiência, porte da empresa e especialização do profissional. Em média, a remuneração vai de R$ 3 mil, para os que estão no início da carreira, a R$ 12 mil, para aqueles que atingem o ponto alto da profissão.

Engenharia civil: como é o mercado de trabalho?

O curso de engenharia civil se propõe a formar profissionais aptos para fazer cálculos, construir, operar e manter edificações e infraestruturas. Dentre as diversas disciplinas de cálculo e composição dos materiais, a garantia da segurança aparece como prioridade para o futuro engenheiro.

Os graduados podem atuar em instituições públicas, privadas e também seguir carreira autônoma. Geralmente, em seu dia a dia, o profissional lida com as seguintes atividades:

  • elaboração de laudos técnicos;
  • criação de projetos para edificações industriais, comerciais e residenciais;
  • determinação das estruturas e fundações;
  • coordenação de obras hidráulicas e de saneamento, infraestrutura e transporte;
  • administração predial.

A remuneração média mensal do engenheiro civil, assim como do arquiteto, dependerá do tempo de experiência do profissional, de pós-graduação e do porte da empresa em que trabalha. Os ganhos vão de R$ 4 mil, para recém-formados, a R$ 20 mil, para aqueles que estão no auge da carreira.

Viu como existem muitas oportunidades no mercado para engenharia e arquitetura? Esperamos que tenha gostado de nosso post e entendido um pouco mais sobre a realidade dessas duas profissões.

Caso precise de mais informações sobre qual carreira seguir ou queira conhecer as melhores opções de pós-graduação, entre em contato com a gente. Ficaremos felizes em ajudar você!

You may also like
Faculdade e concurso público: 5 dicas para conciliar os estudos!
Saiba como ser um profissional de destaque no mercado
As 5 principais habilidades profissionais buscadas por recrutadores

Deixe seu comentário

Seu comentário*

Nome*
Site

Share This