Vestibulando

7 dicas para estudar para o ENEM e conseguir uma nota maior

Estudar para o Enem pode até parecer uma tarefa simples e corriqueira, mas acredite: sem preparação e dedicação, o seu aprendizado se torna suscetível a apresentar inúmeras dificuldades. Além disso, o acúmulo dos conteúdos vira algo frequente, reduzindo a eficiência dos estudos. Por isso que adotar algumas dicas para estudar para o ENEM é fundamental.

Com elas, é possível, sim, garantir que você consiga uma nota maior, que será a sua porta de entrada para a faculdade e, futuramente, o início de uma carreira promissora e com estabilidade financeira.

Foi pensando nisso que reunimos sete dicas simples, porém, essenciais, para lhe ajudar. Confira!

1. Monte um planejamento de estudo

Para começar, é importante que você monte um planejamento de estudo que o ajude a se organizar, otimizar o tempo, ter disciplina e manter o foco para assimilar todo e qualquer conteúdo. Esse é um passo importante, principalmente quando você já trabalha e tem uma rotina mais corrida. Por isso, faça o seguinte:

  • Monte um cronograma com os dias e os horários livres que você tem;
  • reserve a mesma quantidade de horas para estudar cada disciplina;
  • separe seus estudos em ciclos — leitura, resolução de exercícios e revisão;
  • marque um período para tirar dúvidas, especialmente nas matérias em que você tem mais dificuldade.

2. Resolva simulados e provas anteriores

Ao resolver exercícios, não se atenha apenas àqueles que se encontram nos livros. Ao contrário, busque preparar-se para as questões do Enem, por meio de simulados e provas anteriores. Dessa forma, você se familiariza com o estilo e formato das perguntas e pode medir o seu desempenho ao fazê-lo.

Isto é, cronometrar o tempo que leva para finalizá-los para analisar o seu ritmo — se está lento, regular ou rápido. Além disso, tenha em mente que essa dica também vale para a redação. Assim, você treina sua capacidade de dissertar e se habitua aos temas sociais que costumam ser cobrados na prova.

3. Faça resumos ao estudar para o Enem

Ao estudar para o Enem, você também pode fazer resumos que facilitem a compreensão das matérias. Isso porque essa técnica, bastante utilizada por estudantes tanto no ensino médio quanto na universidade, permite destacar os pontos-chave de cada conteúdo e, dessa forma, tornar a assimilação mais rápida e concisa. Para deixar o resumo ainda mais eficiente, siga os seguintes passos:

  • Não faça blocos de textos, mas, sim, tópicos que permitam que você encontre com facilidade o que deseja;
  • use marca textos para grifar apenas frases ou enunciados que são, de fato, importantes;
  • não copie e cole o que está nos livros, faça o oposto — escreva com suas palavras aquilo que você entendeu;
  • elabore questões para você responder ao finalizar cada assunto.

4. Leia muitos jornais para se atualizar

Atualidades é um tema bastante recorrente na prova do Enem. Sempre cai uma questão sobre os últimos acontecimentos do Brasil ou do mundo. E o estudante que não sabe o que está por dentro do noticiário tem menores chances de pontuar em questões sobre esse assunto.

Para que você seja extremamente atualizado, procure ler muitos jornais. E não precisa comprá-los nas bancas de jornais. Hoje em dia, praticamente todos os jornais migraram para a internet, o que facilita o acesso, além de ser gratuito em algumas empresas jornalísticas.

Também você pode acompanhar notícias nas redes sociais. Acesse a página da BBC Brasil no Facebook. Trata-se de um portal de notícias da rede de comunicação pública do Reino Unido. Com coberturas especiais, matérias aprofundadas e com explicações dadas por diversos especialistas, você não perderá nenhum detalhe quando o tema for atualidades.

5. Treine muito a redação

A prova de redação conta muito no Enem. São nada mais do que 1000 pontos. Isso faz toda diferença na hora de selecionar um candidato, porque, além de ter uma boa nota, ele não pode zerar a redação, senão é eliminado. E você não vai querer isso, certo?

Então, treine muita a redação. Faça textos diariamente sobre temas variados. Afinal, nunca se sabe o que exatamente cairá na prova, mas você deve exercitar algumas ideias para ajudar na argumentação. Tente sempre elencar seus argumentos antes de começar a escrever. Por isso, aproveite o tema deste post e saiba agora como melhorar a sua concentração nos estudos!

Também é importante considerar na redação o tempo para redigi-la. Não basta você ter bons argumentos e uma ortografia impecável se não dará tempo de você colocar tudo isso no texto. Sendo assim, monitore o tempo de escrita. Utilize um cronômetro e tente todo dia adequar-se ao tempo para não deixar de fora o que é essencial ser escrito na prova. 

6. Aprenda a relacionar matérias

O Enem trabalha muito com a intertextualidade. Por isso, você deve desenvolver a habilidade de relacionar diferentes áreas do conhecimento. Uma maneira de conseguir isso é por meio de mapas mentais. Trata-se de um método moderno que auxilia na memorização, já que permite a conexão entre ideias essenciais.

Para fazer um mapa mental, você escolherá um tema para ser colocado no centro de uma folha. Depois, ligue a esse centro os tópicos relacionados. A ideia é formar um miolo com galhos de associações. Você pode usar símbolos, ícones e também cores. Com esse método, a sua capacidade de assimilação tende a melhorar.

7. Estude História por meio de filmes

Às vezes, dedicar-se somente às leituras de História pode ser algo cansativo. E os estudos para o Enem não podem ser entendiantes, senão fica difícil ter rendimento. Entre as dicas para estudar para o ENEM está otimizar o estudo de História por meio de filmes. A sétima arte produz muito material documental sobre diferentes temas históricos que certamente podem cair no Enem. 

Por exemplo, utilize a plataforma Netflix para assistir o catálogo de filmes sobre História. Um deles é Olga. Esse filme trata-se da cinebiografia da judia alemã Olga Benário Prestes, uma mulher comunista que, inclusive, foi companheira de Luís Carlos Prestes. A trajetória de Olga é importante para entender os reflexos da Alemanha nazista durante o governo de Getúlio Vargas, tema essencial para as provas de História.

Essas foram as nossas dicas para estudar para o ENEM e ter um resultado muito melhor que o esperado. É importante não deixar de segui-las e praticar o autoconhecimento. Afinal, é importante saber identificar seu ritmo, adaptar seu planejamento de estudos à sua rotina e compreender em quais disciplinas necessita-se de mais atenção. 

Gostou dessas informações? Curta a nossa página Facebook e receba mais dicas para se dar bem nos estudos! 

You may also like
Profissional de enfermagem: qual o perfil de um bom enfermeiro?
Bacharelado, tecnólogo ou licenciatura: como escolher?
Graduação tecnológica: como melhorar o mundo com sua profissão?

Deixe seu comentário

Seu comentário*

Nome*
Site

Share This