Carreira

Saiba quais são as áreas de atuação da Psicologia

Há uma diversidade de carreiras profissionais hoje em dia e cada uma delas pode oferecer diversos caminhos. Um grande exemplo disso é o caso dos psicólogos: existem várias áreas de atuação da psicologia para que eles escolham.

O mercado de trabalho nesse campo é muito amplo e tem crescido ainda mais nos últimos anos. Dessa maneira, as oportunidades foram diversificadas e o profissional não fica restrito ao atendimento clínico, por exemplo.

Assim, além de fazer o curso superior, é possível escolher um ramo de maior interesse, direcionando as atividades desempenhadas para obter sucesso. Para conhecer mais sobre as possibilidades de atuação dentro da psicologia, não deixe de ler este post até o fim!

Quais são as áreas de atuação da psicologia?

Clínica

Esse é o campo mais tradicional da psicologia e, geralmente, é o trabalho que as pessoas costumam atribuir ao profissional formado nesse curso. E, embora o mercado tenha se expandido bastante, a clínica continua sendo um espaço muito ocupado pelos psicólogos.

Os atendimentos psicoterapêuticos têm como um de seus principais objetivos tratar a saúde emocional das pessoas. O psicólogo pode ser procurado por pessoas individualmente, casais e até famílias. Além disso, os profissionais atendem desde crianças até idosos.

A psicoterapia é realizada, preferencialmente, de forma presencial, mas é permitido também realizar atendimentos de orientações online. Ou seja, em alguns casos, o profissional pode usar a internet para entrar em contato com o paciente e exercer o seu trabalho.

A vantagem de clinicar é poder ter maior autonomia profissional, montando sua agenda e otimizando seu tempo de acordo com suas preferências e prioridades. O desafio é conseguir conquistar e fidelizar pacientes para não ficar com tempo ocioso e sem estabilidade salarial. Por isso, é comum que psicólogos conciliem a clínica com outro emprego.

Empresarial

Esse nicho também é conhecido como psicologia organizacional ou do trabalho e se dá quando o profissional desempenha suas funções em um ambiente empresarial — seja em pequenas, médias ou grandes empresas.

As responsabilidades giram em torno do recrutamento e da seleção de pessoal, treinamento de funcionários, desenvolvimento organizacional, organização do departamento pessoal, análise das condições de trabalho, promoção da saúde, etc.

Essa tem sido uma oportunidade promissora, já que as empresas procuram cada vez mais esse tipo de especialidade. Além de trabalhar dentro de uma determinada instituição, pode-se ainda exercer essas atividades de forma autônoma, prestando consultoria.

Hospitalar

A atuação hospitalar se caracteriza pelo atendimento de pessoas hospitalizadas e de suas famílias, sempre em parceria com médicos e outros profissionais envolvidos. Assim, o psicólogo nesse campo compõe equipes de saúde e trabalha em conjunto.

Sua atuação consiste em oferecer assistência psicológica para que pacientes e famílias enfrentem determinada situação, auxiliando na recuperação física e mental deles. Por isso, trata-se de um ramo da psicologia que requer sensibilidade e disposição para lidar com doenças e problemas de saúde.

Educacional

educação é uma das principais áreas de atuação da psicologia e as oportunidades têm aumentado bastante nos últimos anos. As grandes escolas já incluem esse profissional nas suas equipes. Aos poucos, as médias e pequenas instituições também reconhecem esse trabalho.

O foco escolar tem o intuito de dar suporte tanto à instituição quanto aos pais e aos alunos a respeito dos processos de aprendizagem, além de prevenir a violência e promover a saúde na escola. É importante saber utilizar ferramentas para estimular o desempenho dos alunos e a interação social positiva entre eles.

Características como proatividade e criatividade são relevantes para que seja possível desenvolver projetos educacionais inovadores e envolventes. Assim, o psicólogo contribui para dar destaque à instituição escolar e atrair cada vez mais alunos.

Esportiva

A carreira esportiva está ligada ao apoio e à orientação psicológica, sobretudo para atletas e equipes de alto rendimento. Profissionais que se dedicam integralmente ao esporte normalmente buscam ajuda para maximizar sua performance e atingir seus objetivos.

Além de incentivar a harmonia entre todo o grupo — já que muitas vezes a pressão torna o convívio desgastante —, as competições exigem que haja um preparo emocional sólido de forma que o psíquico não atrapalhe o desempenho físico.

Dessa forma, o psicólogo se apresenta como um profissional relevante nesse espaço. Em outros países, essa área profissional já está consolidada e prova sua importância a cada ano. No Brasil, entretanto, o campo ainda está em ascensão.

Social

A psicologia social é mais voltada para a busca pela compreensão do homem como parte da sociedade ou de determinado grupo. É uma área que costuma atrair pessoas engajadas socialmente, com oportunidades em Organizações Não Governamentais (ONGs) para pesquisas e atuações em comunidades específicas.

Mas há ainda a possibilidade de atuar com a assistência social, prestando serviço em penitenciárias, asilos e outros centros que podem atender de dependentes químicos, a jovens abandonados, refugiados, etc.

Psicologia do trânsito

Essa área da psicologia é uma das menos conhecidas pela população. Entretanto, tem uma atuação de enorme importância, principalmente quando se avalia as dificuldades do trânsito brasileiro.

O psicólogo do trânsito estuda a temática dos processos mentais e sociais relacionados a esse contexto. Assim, ele intervém para promover práticas mais saudáveis nas ruas. Esse profissional sempre compõe, por exemplo, a equipe que avalia quem pretende tirar carteira de motorista.

Além disso, ele pode atuar em empresas ligadas ao trânsito, como as de transporte rodoviário. Algumas das principais atividades são o acompanhamento de motoristas e a execução de ações de saúde. O psicólogo também pode atuar em programas de engenharia de tráfego e segurança no trânsito.

Jurídica

Os conhecimentos de avaliação psicológica são muito úteis no campo jurídico. O psicólogo faz a análise, por exemplo, de réus, de crianças em disputa de guarda e, ainda, de pessoas que solicitam o porte de arma.

O psicólogo também é bastante requisitado em atividades de mediação de conflitos e no atendimento a vítimas de crimes. Para atuar nessa área, é importante conhecer a legislação e os detalhes de processos legais no Brasil, além de dominar a aplicação de testes e a elaboração de laudos e relatórios.

Como está o mercado de trabalho na psicologia?

De acordo com o que foi apresentado neste post, é possível perceber a amplitude das áreas de atuação da psicologia. O mercado na profissão passou, sem dúvida, por uma grande expansão nas últimas décadas — vimos surgir tanto novas oportunidades de trabalho quanto novos campos profissionais.

Junto à ampliação das vagas de emprego, o rendimento dos psicólogos também tem aumentado. A profissão tem ganhado reconhecimento nos diversos campos de atuação. Além disso, o trabalho autônomo é uma opção cada vez mais interessante para esses profissionais.

Para ter sucesso em sua carreira, adquirir experiência profissional é muito importante. Assim, uma boa alternativa é procurar estágios — mesmo que não remunerados, a princípio — nas áreas de interesse para ajudar a escolher aquela que mais lhe parecer interessante e prazerosa.

Além disso, fazer cursos de especialização é um fator diferencial para consolidar a carreira. Investir na formação complementar é fundamental para que o psicólogo obtenha destaque em qualquer uma das áreas de atuação da psicologia.

E então, está interessado nas oportunidades que a faculdade de psicologia oferece? Entre em contato com a Facig e conheça nosso curso!

You may also like
Fique por dentro de 4 respostas sobre desenvolvimento de software
Afinal, qual é a diferença entre Medicina e Biomedicina?
6 dicas para quem quer estudar nas férias

Deixe seu comentário

Seu comentário*

Nome*
Site

Share This