#EuSouFacig

A FACULDADE FACIG ADOTA O MAXPAD ORGANNICS EM SEUS CURSOS EM SAÚDE

Sempre vista no mercado como uma instituição inovadora, a FACIG demonstra mais uma vez seu compromisso com ensino de excelência, intensa participação acadêmica e desenvolvimento profissional, adquirindo o MAXPAD Organnics para os seus cursos que envolvem aulas de anatomia como Medicina, Odontologia, Psicologia e Enfermagem.

Trata-se de uma estação para educação na área saúde: o MAXPAD é uma mesa multitoque  e o Organnics é um software totalmente desenvolvido para o estudo de anatomia, através da visualização e análise de imagens DICOM (Digital Imaging and Communications in Medicine ou Comunicação de Imagens Digitais em Medicina).

Com o aparelho, o estudante pode interagir com os modelos de forma bidimensional – incluindo as vistas Sagital e Coronal -, e tridimensional, através do toque com os dedos.Além disso, o equipamento permite a aplicação de zoom e a realização de medidas, anotações e apontamentos em qualquer uma das vistas.

A partir de sua biblioteca inicial que possui mais de 200 peças e cases de estudo, é possível encaminhar arquivos para serem impressos em alta qualidade e também produzir esculturas anatômicas, através do uso da impressora 3D.

 “Em relação aos benefícios esperados, com a aquisição do equipamento, entendemos que poderemos oferecer aos estudantes o contato com imagens reais do corpo humano, lidando tanto com casos anatômicos como de patologias, possibilitando o contato com a situação que o futuro profissional encontrará no exercício da atividade”, esclarece o diretor da Instituição, Thales Reis Hannas.

Com esta tecnologia em mãos, é possível que o professor receba em tempo real um exame de imagem de uma pessoa ou animal, e realize todo o tratamento dessas imagens em 3D, com a possibilidade de dissecar o órgão capturado na imagem. Para o diretor, “o MAXPAD Organnics trará a independência de peças humanas (cada vez mais difíceis de serem obtidas) e artificiais (que nem sempre retratam a realidade com perfeição), além de possibilitar uma melhora no processo de aprendizagem dos alunos”.

Cerca de 650 alunos são beneficiados com a aquisição do equipamento, e a FACIG calcula que o uso do equipamento deverá impactar na formação de mais de 2.000 alunos nos próximos cinco anos, possibilitando o estudo de diversos casos reais.

 “Assim, terão o contato com situações reais ainda na graduação, chegando mais preparados tanto para a fase de internato e estágio, como também para o exercício profissional”, conclui o diretor.

Trazer a visão tridimensional aos alunos da área da Saúde sempre foi um desafio. Agora, a interpretação de resultados de Raio-X, Ressonância Magnética e Tomografia Computadorizada fica extremamente simplificada, economizando tempo e trazendo novos horizontes aos alunos, com o uso da montagem 3D das “fatias” de exames.

Além disso, a visualização tridimensional proporcionada pela mesa digital anatômica, torna-se um novo componente do planejamento cirúrgico,  explorando todos os novos recursos 3D disponíveis, partindo da visualização de diversos aspectos DICOM até a geração de modelos impressos em 3D do órgão ou região em estudo, que é feita em poucos dias.

Integrante da elite das instituições de ensino superior do país, a FACIG participa do consórcio STHEM Brasil – Laspau, órgão da Universidade de Harvard, e comprova ano após ano seu incontestável DNA de inovação acadêmica.

 

 

You may also like
FACIG, EMESCAM e UCL trazem Pós-Graduação para Manhuaçu
Alunos Pibidianos de Matemática alinham novas ações
Alunos do 7º período de Ciências Contábeis desenvolvem “Método do Caso” sobre o pedido das companhias aéreas de efetuar cobrança separada de serviços para reduzir custos.

Deixe seu comentário

Seu comentário*

Nome*
Site

Share This