Vestibulando

Faculdade particular: 5 motivos para você escolher o ensino privado

Você deve estar acostumado com comparações entre ensino público e privado. Porém, é bom saber que algumas coisas estão mudando, e nem tudo o que você ouve é verdade!

Um desses pontos é o estereótipo negativo sobre estudar em faculdade particular, (pré) conceito ultrapassado. Nos dias de hoje, o ensino particular não só tem visibilidade como oferece qualidade comprovada, direcionando o estudante para uma formação de excelência e destaque.

Mesmo assim, é comum ficarmos em dúvida ao escolher entre o ensino público ou privado, sem muita certeza sobre as diferenças e benefícios.

É pensando nisso que separamos 5 motivos que justificam a escolha do ensino privado, explicando as vantagens da faculdade particular sem enrolação e sem “puxar sardinha”. Continue acompanhando o texto e confira!

1. Grade curricular atualizada

A faculdade particular é mais recente se comparada com a pública e, por isso, já começou a ser estruturada com o currículo atualizado.

Por ser independente de setores públicos, a burocracia também é menor para incluir cursos, extensões, projetos de intercâmbio, enfim, oportunidades ao aluno. Além disso, a instituição tem recursos e investimentos para financiar credenciamentos junto ao MEC (Ministério da Educação) e formalizá-los rapidamente.

Uma grade curricular atualizada não apresenta só ensino de qualidade, mas também oportunidades variadas, garantindo um curso com 100% de aproveitamento!

2. Docentes comprometidos pela faculdade particular

Na faculdade pública, os docentes entram a partir de concursos e, além de dar aulas, precisam se dedicar à pesquisa e publicações.

Isso pode gerar problemáticas, como:

  • falta de esforço nas aulas pela estabilidade da vaga;

  • desmotivação com o excesso de atividades;

  • sobrecarga para docentes de departamentos com poucos membros;

  • prioridade para pesquisas e artigos em vez do ensinamento aos alunos.

Claro, cada caso é um caso, mas esses exemplos são recorrentes no ensino público e interferem nas aulas!

Na faculdade particular, o professor é sempre avaliado, afinal, sua docência depende dos resultados e níveis de satisfação do estudante, servindo como impulsionador para aulas bem preparadas. Além disso, é comum a faculdade particular oferecer melhores planos de carreira e benefícios, sendo cada vez mais atrativa para o docente que quer uma carreira sólida.

3. Infraestrutura e materiais de estudo

Precisamos aceitar dois pontos:

  • a faculdade privada trabalha com maiores investimentos;

  • seu funcionamento e reputação dependem da aderência dos alunos e reconhecimento como instituição de qualidade.

Com isso, não é difícil entender e notar que a instituição:

  • oferece infraestrutura moderna e bem preparada;

  • modernas salas de aula com bons itens de apoio ao estudante;

  • oferece materiais de qualidade para o professor;

  • tem equipamentos que misturam inovação com benefícios para os estudos, garantindo prática, vivência e melhor compreensão para o aluno.

Além disso, ambientes comuns como salas de estudo, bibliotecas e áreas de pesquisa são muito bem estruturados, contribuindo para uma boa prática e rotina de estudos.

4. Grade horária compatível

A grade horária no ensino particular é bem definida e, ao mesmo tempo, flexível, ou seja, o semestre tem matérias já montadas que devem ser cumpridas. Porém, os horários serão exclusivamente de manhã, noite ou tarde, mantendo o resto do dia livre, que pode ser direcionado para seu trabalho, estágio ou projeto.

Esse ponto é muito difícil em instituições públicas, fazendo com que, por exemplo, você tenha uma aula de tarde na terça, duas de manhã na quinta e uma no fim de tarde na sexta.

5. Conexão com o mercado de trabalho

A variação dificulta outras obrigações e atuação, desconsiderando o fato de que muitos estudantes precisam equilibrar faculdade com emprego.

A faculdade privada, além de considerar essa necessidade, oferece:

  • pontes entre aluno e empresas;

  • programas de estágio;

  • parcerias para intercâmbio;

  • voluntariado e vivência.

Com isso, o ensino privado caminha de mãos dadas com o preparo do aluno, sem excluir o próximo passo para construir seu futuro. A faculdade privada é cada vez mais aderida entre os jovens, equilibrando qualidade com consideração ao modo de vida do aluno.

Se você gostou do post e quer mais informações, veja também o artigo sobre 7 mitos comuns sobre faculdade particular!

You may also like
Devo escolher um curso visando retorno financeiro ou satisfação pessoal?
3 dicas para saber se o curso de medicina é realmente para você
Afinal, qual o perfil de um aluno de medicina?

Deixe seu comentário

Seu comentário*

Nome*
Site

Share This