Carreira

Graduação em serviço social: o que fazem os formados nesta área?

Muitas pessoas se perguntam sobre o que faz um assistente social. Primeiramente, é importante saber que, para exercer essa profissão, é necessário cursar uma faculdade de Serviço Social e ser registrado no respectivo conselho de classe.

Regulamentada no Brasil desde 1957, a carreira vem passando por diversas redefinições ao longo dos anos. Isso se deve ao fato de que ela está ligada diretamente ao cenário político e econômico do país — afinal, cabe ao profissional da área entender a demanda e atuar em meio às desigualdades socioeconômicas, como a fome, desemprego, violência, pobreza, dentre outras mazelas.

Quer saber mais sobre a carreira em questão? Trouxemos um post com informações sobre a graduação em Serviço Social para esclarecer suas dúvidas. Confira!

Graduação em Serviço Social

O curso de Serviço Social é oferecido em grau de bacharelado e costuma ter a duração de 4 anos. O objetivo é formar profissionais aptos a entender e analisar a dinâmica social, bem como propor soluções para as dificuldades individuais e coletivas.

Para isso, durante a faculdade, o aluno estudará diversos aspectos relacionados às relações do cidadão com o seu meio social numa perspectiva histórica e crítica. Entre as principais disciplinas da grade curricular, podemos citar:

  • Antropologia;

  • Sociologia;

  • Direitos Humanos;

  • Psicologia;

  • Educação Inclusiva;

  • Políticas Sociais;

  • Filosofia;

  • Responsabilidade Social e Ambiental.

Durante a graduação, o aluno também realizará visitas técnicas em comunidades e instituições, tais como sindicatos, ONGs, cadeias públicas, cooperativas etc.

Perfil do aluno

O assistente social estará sempre em contato com indivíduos excluídos socialmente, por isso, é importante ter interesse em criar campanhas de assistência e projetos sociais.

Além disso, é necessário contar com uma série de características para ser um bom profissional nessa área. Gostar de interagir com pessoas, ter visão crítica, sensibilidade e desejo por construir um mundo melhor são algumas delas.

Situações de conflito também são comuns na rotina de trabalho, portanto, saber observar, mediar e trabalhar em equipe são aptidões que devem fazer parte do seu perfil.

Por fim, devemos ressaltar que fatores como política e economia influenciam diretamente na vida das pessoas atendidas, portanto, é preciso se manter atualizado e bem informado. 

Atribuições do assistente social

O assistente social é o profissional responsável por auxiliar no bem-estar físico, mental e social da população. Em outras palavras, ele tem como função ajudar as pessoas na solução de seus problemas, sejam eles ligados a fatores como moradia, emprego, educação ou saúde.

Segundo a Lei 8.662/1993, que regulariza a profissão, compete a ele também atuar na elaboração e coordenação de programas que visam garantir os direitos da população. A seguir, confira a nossa lista com as principais tarefas do assistente social:

  • promover serviços sociais;

  • orientar as pessoas sobre seus direitos e deveres;

  • realizar entrevistas e pesquisas;

  • prestar consultoria a órgãos públicos;

  • elaborar relatórios sobre os atendimentos.

Principais opções de trabalho

O mercado de trabalho para o Serviço Social tem crescido nos últimos anos em razão da terceirização dos serviços sociais do governo. No entanto, ainda é possível encontrar muitas vagas em instituições privadas como escolas, creches, hospitais, dentre outras.

Além disso, se engana quem pensa que a área se limita ao trabalho com menores carentes. O assistente social pode exercer diversas atividades que necessitam de um profissional com visão crítica sobre os problemas da nossa sociedade.

Para conhecer quais são as possibilidades de trabalho nessa área, listamos as principais a seguir:

  • educação: desenvolve e coordena programas de bolsas e financiamentos estudantis;

  • empresas: gerencia programas educativos de saúde, lazer e segurança para os funcionários e seus familiares;

  • saúde: facilita o acesso de pessoas carentes a informações e a práticas referentes à área da saúde;

  • ensino: trabalha como professor de universidades públicas ou privadas;

  • pesquisa: atua em instituições e centros de pesquisa;

  • socioambiental: atende comunidades que sofrem com o impacto de mudanças ambientais.

Além de possibilitar a atuação nesses diferentes campos profissionais, a carreira de assistente social ainda traz grande realização pessoal — afinal, quem não gostaria de trabalhar para construir um mundo mais justo, não é mesmo?

Agora que você já sabe mais sobre a graduação em Serviço Social, não deixe de entrar em contato conosco para obter mais informações sobre o curso!

You may also like
Você sabe qual a diferença entre emprego e carreira? Aprenda aqui!
Carreira pública ou privada: qual escolher?
Cursos na área de saúde: conheça o potencial do mercado no Brasil!

Deixe seu comentário

Seu comentário*

Nome*
Site

Share This