Carreira

Ler em voz alta ajuda na memorização?

Uma das grandes frustrações dos estudantes é passar longos períodos estudando e não conseguir memorizar o conteúdo. Se esse for o seu caso, você está se dedicando de forma errada. O uso de técnicas como a de ler em voz alta podem otimizar o processo de memorização e fazer com que ótimos resultados sejam alcançados nos testes que você prestar.

Em muitas avaliações — como vestibulares e o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) —, o conteúdo programático cobrado é extenso. Portanto, usar as técnicas adequadas tem um grande valor tanto para ganhar tempo quanto para fixar os principais pontos de cada disciplina.

Nos estudos, mais importante que a quantidade de horas dedicadas é a qualidade empregada nesses momentos. Para entender de que forma ler em voz alta pode te ajudar a mandar bem na próxima prova, continue a leitura deste post!

Vantagens de ler em voz alta

Segundo uma pesquisa realizada pela Universidade Waterloo, no Canadá, ler em voz alta é a melhor técnica de estudo para a memorização. 95 voluntários com distintas maneiras de reter informações foram investigados e, quando testados, aqueles que verbalizaram o conteúdo estudado se destacaram.

Os autores do estudo concluíram que esse resultado pode estar atribuído ao fato que falar e se ouvir, simultaneamente, ajuda a fixar melhor as palavras na memória em longo prazo.

Com o método, também é possível notar os detalhes de um texto que podem passar despercebidos com a leitura silenciosa. Entre eles é possível citar a finalidade de uma publicação e a intenção do autor, por exemplo.

Técnicas de leitura para os estudos

Agora que você já compreendeu a importância de ler em voz alta e como isso tem um grande impacto na qualidade dos seus estudos, separamos 4 dicas para que a técnica possa ser aprimorada.

1. Discuta em voz alta com o seu material de estudo

Não se coloque de maneira passiva em relação aos estudos. Para que uma informação se transforme em conhecimento, é preciso que você a discuta e não apenas repita o que está escrito.

Leia em voz alta e interaja com o material. Isso pode acontecer por meio de questionamentos, de discordâncias e da aplicação do conceito em algumas situações hipotéticas.

2. Faça anotações

Replique os dados mais importantes do que você está aprendendo em cadernos ou blocos. A combinação de falar, ouvir e escrever é muito útil na retenção do conteúdo estudado. Além disso, em momentos mais próximos ao teste, você pode voltar somente ao que foi anotado.

3. Elabore perguntas

Ao final de cada tópico, faça uma série de perguntas sobre o que foi apresentado e não deixe nenhum ponto importante ficar esquecido. Em seguida, tente responder aos questionamentos como uma entrevista — tudo em voz alta. Essa é uma excelente dica para revisar o que foi estudado e colocar em prática a capacidade de articular ideias para solucionar as questões.

4. Grave áudios com resumos

Atualmente, todo mundo tem acesso a um gravador de voz no celular. Basta um toque para que resumos do conteúdo estudado possam ser registrados e revisitados.

Estude lendo em voz alta, grave e ouça. Procure ter certeza que você compreendeu e já memorizou o conteúdo. Caso contrário, você pode direcionar o foco para esses pontos. No processo de revisão, próximo à data da prova, os áudios podem ser fundamentais.

Gostou do conteúdo do post sobre como ler em voz alta pode ajudar na memorização? Então que tal compartilhar em suas redes sociais para que os seus amigos também consigam aplicar as dicas e melhorar a qualidade dos estudos?

You may also like
FACIG lança seu aplicativo de Teste Vocacional para tablets e smartphones
PROJETO VIDA SECRETA DOS EXECUTIVOS
FACIG tem 4 artigos aprovados para o Congresso Internacional de Administração – ADM 2018 – em Sucre na Bolívia

Deixe seu comentário

Seu comentário*

Nome*
Site

Share This