Vida de Estudante

Melhor horário para estudar: descubra em qual deles você rende mais

O melhor horário para estudar varia de pessoa para pessoa, considerando preferências e estilo de vida. Desse modo, é excelente que você descubra o momento do dia em que seus níveis de disposição e rendimento estejam mais elevados e, consequentemente, gerem facilidade para concentração e retenção de informações, aprimorando as horas de estudo.

Engana-se quem pensa que o horário diurno é o único ideal. Existem casos de pessoas notívagas, que encontram produtividade durante a noite e a madrugada, com dificuldades ao tentar sincronizar seus horários de produção àqueles convencionais.

Neste artigo, reunimos diversas dicas para ajudar você a encontrar o seu turno ideal e se dar bem nos estudos. Confira!

Fatores externos e o melhor horário para estudar

É a soma de muitos fatores que define em qual parte do dia você alcança um ritmo de estudos satisfatório. Dentre eles, características relacionadas ao ambiente, como ruídos em excesso, circulação de pessoas e automóveis, podem interferir na sua capacidade de produção, diminuindo a concentração necessária para o estudo de qualidade.

Se você usa locais movimentados como cafés ou bibliotecas públicas para estudar, a concentração pode ser difícil devido ao barulho, principalmente durante o dia. Assim, procurar ambientes similares que funcionem até tarde pode ser uma saída para melhorar os estudos usando horários noturnos.

Outra dica complementar é combinar o ambiente adequado com a temperatura externa e itens de apoio que o local proporciona. Essas podem ser importantes influências sobre o seu rendimento. Lembre-se de que o melhor horário para estudar é aquele que também permite conforto para o seu corpo, criando um equilíbrio adequado para que você foque na matéria.

Necessidades do dia a dia

Observe as frequentes interrupções que chegam até você: SMS, grupos de WhatsApp, postagens em redes sociais, ligações, lembretes etc. Em geral, durante a manhã e à noite, a distração com notificações em smartphones e notebooks tende a ser menor, exigindo menos atenção e se tornando períodos ideais tanto para notívagos quanto diurnos que tendem a acordar cedo.

Porém, além de preferências, há aspectos da rotina que interferem na escolha de um período para estudos. Pessoas que trabalham durante o dia possuem horas noturnas para se dedicar aos estudos, já alunos que trabalham meio período no horário da tarde precisam estudar de manhã.

Nesses casos, o jeito é se adequar ao tempo disponível, considerando as próximas dicas sobre rendimento e o melhor horário para estudar.

Dicas para estudar em cada período

Se é necessário adaptar seus aprendizados para período predeterminados, há dicas que podem ajudar a render cada vez mais, com concentração e dedicação durante minutos preciosos. Dê uma olhada!

Manhã

1. Comece o dia bem

Em vez de acordar e ir direto para as anotações, procure fazer um café-da-manhã balanceado, dar aquela espreguiçada e se preparar fisicamente para render nos estudos.

2. Evite o botão “soneca”

Para esse início agradável, evite postergar as matérias para o dia seguinte ou ignorar horas produtivas e dormir mais. Programe-se para dormir 8 horas, acordar no horário e ignorar o botão “soneca”.

Tarde

1. Mantenha uma alimentação de qualidade

Almoço com alimentos gordurosos geram aquela tão conhecida sensação de sonolência e leseira. Para render nos estudos durante o período da tarde, tente variar o cardápio no decorrer da semana e optar por porções mais leves e saudáveis, que ajudam a manter as energias por horas prolongadas.

2. Separe minutos preciosos para exercícios

Outra dica é descansar de 20 até 30 minutos e, após isso, fazer alongamentos e exercícios rápidos para despertar melhor, ganhar energia e conseguir focar nos estudos.

Noite

1. Tenha metas

É importante que, ao estudar de noite, haja um planejamento prévio sobre as metas de cada dia, cumprindo itens pré-definidos para o estudo fluir melhor.

2. Faça pausas regulares

Pequenas pausas ajudam a reter informações sem se cansar, então separe de 5 até 15 minutos a duas horas para esticar as pernas, tomar um suco e se distrair, voltando logo em seguida!

3. Saiba quando parar

Um dos problemas para pessoas que rendem melhor no período noturno é não ver as horas passando e se deparar com o nascimento do sol. Para evitar problemas, controle seus horários de acordo com outras obrigações. Como a maioria das atividades ainda são diurnas, é essencial saber como dividir as horas de sono para estar disposto quando necessário.

Aspectos pessoais e atividade intelectual

Além dos fatores externos que interferem nos níveis de rendimento, devem ser considerados fatores internos que também exercem forte influência. Existem pessoas com organismo mais desperto à noite, por exemplo. Condição que não é doença, apenas uma característica diferente da grande maioria.

Para não atrapalhar seu ritmo natural e funcionamento do corpo, preste atenção nas respostas do organismo, humor e sensações para cada período do dia. Além disso, o emocional é grande influenciador. Se você se sente estressado, deprimido ou sofre de insônia, tente focar em horas de maior isolamento de outros indivíduos ou ruídos estressantes. A condição emocional já está atrapalhando, então evite influências externas.

Esses pontos são fundamentais para entender qual a melhor forma e período de estudo. Além disso, passou a ser considerada, em teorias e estudos sobre as capacidades humanas, a influência dos ciclos circadianos, que podem ser descritos da maneira a seguir.

Ciclos Circadianos

O ciclo circadiano divide as 24 horas diárias de acordo com o ciclo biológico do indivíduo. Ou seja, é um relógio que varia de acordo com o funcionamento do corpo, influenciado por temperatura, pressão sanguínea e substâncias corporais, como melatonina e cortisol.

Essas questões interferem na condição de cada indivíduo, mudando durante o passar do dia e influenciando na disposição, no humor e no estado emocional. É uma grande explicação para aqueles momentos de estresse sem saber o motivo, cansaço excessivo e horários de maior rendimento, mesmo sem preparo prévio.

Os ciclos circadianos variam de acordo com cada pessoa, justificando o porquê da diferença no rendimento dos estudos ao definir o melhor horário para estudar.

A dica é conhecer a sua forma de reagir a cada período do dia e direcionar obrigações, tarefas e momentos de lazer a partir desse autoconhecimento.

Vantagens de estudar durante o dia ou a noite

Depois de avaliar os fatores pessoais e externos, resta avaliar os benefícios que cada etapa do dia é capaz de proporcionar. Veja algumas:

Dia

  • maior disposição ao acordar e se alimentar adequadamente. Após uma boa noite de sono, a tendência da mente é despertar com mais energia;
  • facilidade na comunicação com professores, colegas e escola, que, em geral, funciona em horário comercial;
  • tendência à qualidade do sono melhor pela ausência de interrupções externas.

Noite

  • menos ruídos e movimentação de pessoas em espaços coletivos;
  • menos notificações virtuais, por amigos e familiares;
  • em determinadas regiões e estações do ano, a temperatura ambiente pode ser mais agradável durante a noite, sobretudo nas regiões mais quentes.

Algumas pessoas dão preferência ao turno da manhã pela disposição mental consequente do descanso noturno, ou aos fins de tarde, quando o ritmo do dia diminui e é possível estudar com menos interferências e distrações de forma geral. De noite, o foco é nos ambientes mais calmos e na maior individualidade, aproveitando a menor movimentação da cidade.

A realidade é que encontrar o melhor horário para estudar depende do conhecimento pessoal e da adequação da rotina, porém, priorizando a regularidade e o equilíbrio. Faça experimentações, escolha o período de maior rendimento e mantenha-se fiel a ele, assim o corpo se adequará mais facilmente e o dia a dia renderá mais.

Gostou de saber um pouco mais sobre os horários de estudo e suas possibilidades? Em qual horário você rende mais? Que técnicas você usa para conseguir estudar no horário de maior indisposição? Deixe suas respostas e impressões no post, compartilhe suas opiniões conosco!

You may also like
É Tempo de Natal Solidário!
UNIFACIG Oferta Nivelamento em Redação
Projeto de Minicurso Sobre Finanças Pessoais

Deixe seu comentário

Seu comentário*

Nome*
Site

Share This