Vestibulando

Profissional de enfermagem: qual o perfil de um bom enfermeiro?

O profissional de enfermagem é, sem dúvidas, uma pessoa surpreendente. Aqueles que mais se destacam na área da saúde são, normalmente, compassivos e gentis — sem falar que, de maneira geral, eles também têm diversas habilidades médicas. Além disso, a carreira na enfermagem oferece uma sensação de satisfação pessoal que você simplesmente não conseguirá ultrapassar.

Para você que se interessa em saber como é o curso de enfermagem, busca sempre notícias sobre a carreira e sonha em se tornar um profissional de destaque, trouxemos mais um grande ponto a se considerar antes de prestar vestibular e partir para essa área: qual o perfil de um bom enfermeiro? Para acabar com essa dúvida, leia, a seguir, algumas das fundamentais características que essas pessoas devem ter. Acompanhe!

Habilidades de comunicação

Sólidas habilidades de comunicação são base para qualquer carreira. Mas, para o profissional de enfermagem, esse é um dos aspectos mais importante do trabalho. Essas pessoas devem possuir tais características, especialmente quando se trata de falar e ouvir. Assim, devem ser capazes de seguir as instruções sem problemas e se comunicar facilmente com pacientes e famílias.

Estabilidade emocional

A enfermagem é um trabalho estressante em que as situações traumáticas são comuns. A capacidade de aceitar o sofrimento e a morte sem permitir que ele se torne pessoal é muito importante, afinal, nem tudo é um mar de rosas.

Isso não quer dizer que não haja momentos reconfortantes na enfermagem. Ajudar um paciente a se recuperar, reunir famílias ou confraternizar com colegas de profissão são benefícios especiais do trabalho. Apenas não se baseie unicamente nisso, deixando os finais felizes para Grey’s Anatomy.

Empatia

Um bom profissional de enfermagem tem empatia pela dor e pelo sofrimento dos pacientes. É capaz de sentir compaixão e proporcionar conforto. Mas esteja preparado para o cansaço ocasional da compaixão; o que acontece com a maioria dos enfermeiros. Por isso, é necessário saber como reconhecer os sintomas e lidar com ele de forma eficiente.

Os pacientes consideram os enfermeiros seus defensores — o lado mais suave da burocracia hospitalar. Assim, ser solidário com a experiência hospitalar do paciente pode encurtar um longo caminho em termos de melhorar o atendimento.

 Atenção aos detalhes

Cada passo no campo médico pode ter consequências de longo alcance. Um grande enfermeiro presta atenção aos detalhes e é cuidadoso para não pular etapas ou cometer erros.

Ao ler o gráfico de um paciente, faça de maneira correta, para lembrar as nuances de um caso delicado, pois nada pode ser deixado ao acaso na enfermagem. Quando um simples erro pode significar uma tragédia para a vida de outro, a atenção aos detalhes pode literalmente ser a diferença entre vida e morte.

Habilidades de resolução de problemas

Para quem quer ser um bom profissional de enfermagem, também é necessário pensar rapidamente e abordar problemas quando — ou antes de — eles surgirem.

Com pacientes internados, casos de trauma e emergências, os enfermeiros sempre precisam estar prontos para resolver uma situação complicada. Se for lidar com a família, aliviar a dor de um paciente, lidar com um médico ou administrar a equipe; boas habilidades de resolução de problemas é uma qualidade excelente para essa profissão.

Agora que você tem as orientações necessárias sobre a área, que tal ficar por dentro do mercado de enfermagem no Brasil?

 

 

You may also like
Graduação tecnológica: como melhorar o mundo com sua profissão?
Como fazer resumos para estudar para o vestibular?
Redação do Enem: 5 dicas para sua preparação

Deixe seu comentário

Seu comentário*

Nome*
Site

Share This