Vestibulando

Quais são as fases do curso de medicina? Descubra!

Você está pensando em ser médico? Antes de decidir, que tal entender um pouco mais as fases do curso de medicina? Afinal, conhecer sobre as opções de cursos que nos cativam é um primeiro passo para tomarmos a decisão certa.

Provavelmente, você já se pegou pensando na sua carreira, já que, desde crianças somos estimulados a identificar aquilo que nos liga, de alguma maneira, a certas profissões.

Então, se você não tem medo de agulhas nem desmaia ao ver sangue, e, principalmente, quer ajudar as pessoas a viverem melhor e com mais saúde, medicina  pode ser o curso ideal para você.

Pensando em lhe ajudar, trouxemos algumas curiosidades sobre os 6 anos de faculdade exigidos para a formação do médico. Continue a leitura e descubra!

Os objetivos do curso de medicina

Antes de partimos para as fases do curso de medicina, queremos deixar claro o que ele abrange. De modo geral, os cursos duram no mínimo 6 anos, e esse tempo pode variar de acordo com a especialização escolhida pelo futuro médico.

Entre os principais objetivos da medicina estão a restauração e a manutenção da saúde das pessoas. Assim, durante o curso, você vai aprender maneiras de prevenir doenças e tratá-las de forma adequada, sempre pensando no bem-estar do seu paciente.

São basicamente 3 fases importantes no curso de medicina, nelas serão abordadas questões básicas sobre o corpo humano e seu funcionamento e também a respeito das práticas necessárias para bons procedimentos médicos, além da escolha quanto à atuação no meio. Vamos conhecer mais sobre cada uma delas!

A fase dos conceitos básicos

A maioria dos cursos de graduação tem essa etapa, na qual são vistos princípios básicos para o cumprimento de suas grades curriculares. A ideia é que você tenha um contato inicial com as teorias que regem a profissão. Você terá disciplinas como biologia, fisiologia, genética, anatomia, entre outras.

Esses estudos podem intercalar questões de teoria e práticas, como em anatomia, por exemplo, em que os alunos assistem aulas em laboratórios preparados com peças cirúrgicas para serem usadas em cadáveres. É importante reforçar que toda essa primeira fase servirá de base para as próximas.

A fase da prática médica

Então, com uma base teórica e, como vimos, prática, sobre o corpo humano e seu funcionamento, você estará preparado para iniciar um novo processo — aprender sobre as doenças e epidemias. Ou seja, conhecer formas de lidar com os sintomas que demonstram a carência de saúde de seus possíveis pacientes.

Em disciplinas que focam na evolução de doenças, você aprenderá a combatê-las e preveni-las, além de aprender sobre suas principais causas. É também nessa fase, que se inicia o contato com pacientes (dessa vez, vivos!).

A fase da atuação profissional

Essa é a fase final do curso de medicina, o famoso estágio obrigatório, que é a hora de passar parte do seu tempo em hospitais e ambulatórios, vivenciando a bela tarefa de ser médico. Com supervisão de um médico já formado, o aluno tem a oportunidade de pôr em prática tudo aquilo que aprendeu nos 4 primeiros anos de faculdade.

Depois de cumprida todas as tarefas dessa fase, com plantões, atendimentos e assistência em cirurgias, você terá em mãos o diploma com a habilidade de clínico geral e, caso queira uma área específica, você precisará fazer uma quarta etapa — a residência.

Somos bilhões de pessoas e estamos falando de uma área com menos de 500 mil profissionais, ramo essencial para manter a população saudável. Então, sempre haverá espaço para novos médicos, principalmente para aqueles dispostos a trabalhar em nichos menos desenvolvidos e com maior necessidade de sua presença.

Gostou de conhecer as fases do curso de medicina? Para ficar sempre por dentro de posts como esse, não esqueça de assinar a nossa newsletter!

You may also like
Afinal, como funciona um teste vocacional?
Saiba como controlar a ansiedade no vestibular
5 aplicativos gratuitos para te ajudar a otimizar os estudos

Deixe seu comentário

Seu comentário*

Nome*
Site

Share This