#EuSouFacig

TRABALHO DOS ALUNOS DO CURSO DE ARQUITETURA E URBANISMO DA FACIG É APROVADO NA II FECITEC

            Aconteceu no dia 24/10/2017 a II Feira do Conhecimento Científico, Tecnológico e Cultural do Caparaó (II FECITEC – Caparaó) cujo objetivo é ser um ambiente de socialização da construção/reconstrução de saberes nas diversas áreas do conhecimento que o evento abrange. A II FECITEC é uma realização do Instituo Federal do Espírito Santo – Campus Ibatiba (ES).

            Os discentes do 10º período do Curso de Arquitetura e Urbanismo da FACIG, sob a orientação da Prof. Msc. Fernanda Cota Trindade, tiveram a aprovação de seu trabalho intitulado “Estudo de Impacto de Vizinhança (EIV): uma análise do IFES Campus Ibatiba-ES” cujos autores são Leonardo de Oliveira Dias, Daniely Dias Verli, Allison Barbosa do Amaral e Abraão Silveira dos Santos.

            A participação dos discentes nessa Feira reforça a opção metodológica da FACIG que se faz presente nas metodologias ativas a qual propicia aos discentes desafios constantes e a vontade de dominar aquilo que é desconhecido.

            A realização de um trabalho científico insere os discentes no universo da busca pelo conhecimento e, quando o mesmo não se encontra disponível, eles próprios sabem que é possível buscá-lo por meio das pesquisas. Desta forma, não se pretende formar profissionais que sejam reprodutores ou meros depositários de um conhecimento estanque mas formar profissionais que sejam capazes de buscar soluções para os problemas que permeiam nossa realidade.

            Parabéns aos discentes! A FACIG se sente honrada em vê-los, ainda graduandos, brilhando nesses espaços científicos e contribuindo para um saber que se constrói cotidianamente.

You may also like
Alunas do Curso de Direito têm Artigo Publicado em Site Jurídico
Alunos do 7º período de Ciências Contábeis desenvolvem “Método do Caso” sobre o pedido das companhias aéreas de efetuar cobrança separada de serviços para reduzir custos.
Alunos do curso de Psicologia realizam experimentos com as “Caixas de Skinner”

Deixe seu comentário

Seu comentário*

Nome*
Site

Share This